As 100 empresas mais sustentáveis do mundo 2013: Brasil é “TOP”

Após a Shell (empresa de capital inglês) ter ganho este ano o prêmio de pior empresa do planeta (Public Eye Award) por suas investidas intermináveis na tentativa de explorar petróleo no Ártico, uma notícia boa: saiu a lista das 100 empresas mais sustentáveis do mundo. E o Brasil está “TOP” com cinco empresas entre as 100 mais sustentáveis do mundo e um honroso lugar para uma delas.
Nossa grande vedete é a empresa Natura Cosméticos S.A. que abocanhou o segundo ficando à frente de empresas gigantes como a Philips holandesa (7ª) e Adidas (17ª).
Outra surpresa boa é que a gigante também brasileira Vale S.A. depois de ter ganho o mesmo prêmio que a Shell em 2012, figura hoje na Global 100 Sustenable list de 2013 na 49ª após ter investido cerca de US$ 1,65 bilhões (um bilhão seiscentos e cinquenta milhões de dólares) em ações sócio ambientais, demonstrando assim que o puxão de orelha foi válido.

O prêmio Global 100 (o ranking é baseado em pesquisa fornecida pela Innovest Strategic Value Advisors), que anuncia anualmente as vencedoras durante o Fórum Econômico Mundial em Davos, Suíça, teve seu início em 2005 concebido pela canadense Coorporate Knights Inc considerada detentora da maior acumulação de dados globais sobre avaliação sustentável em existência no mundo hoje.
A instituição procura ao longo de sua existência (nasceu para isto) demonstrar como os mercados podem promover a sustentabilidade social e ecológica aliada à boa lucratividade. É o chamado “capitalismo limpo”

Sendo assim poderemos deduzir alguns pontos (entre outros) que relato a seguir, e por favor não se acanhe em nos contar o seu.
1. O mundo está realmente globalizado. É praticamente impossível esconder algo ou alguma ação por muito tempo.
2. O Brasil apesar dos pesares principalmente com a corrupção e outras mazelas que todos sabemos existir, está no caminho certo figurando positivamente nos rankings entre grandes nações. Foi o único da América Latina que teve empresas classificadas, num total de cinco, o que lhe deu o 7º lugar no ranking de países. Á frente de muitos que se dizem “feras” em sustentabilidade como Suécia, Suíça, Finlândia e Holanda (Clique aqui se quiser ver a lista oficial completa.) começamos a ser respeitados em todo planeta.
3. É possível (e aconselhável) crescer com sustentabilidade social e ecológica. A Natura e outras gigantes provaram isto.
4. Nada está totalmente perdido desde que se tenha vontade de acertar, perseverança e um bom projeto. A Vale provou isto.
Grande abraço!

Por Tomé Ferreira

Fontes e imagens:
global100.org
corporateknights.com