Eles transformam em energia

geraenergia

Adoro quando eu posto inovações, ontem o dia foi bombardiado de links relacionados a esta categoria, claro que selecionei os melhores para trazer até vocês. A transformar reações em energia é uma boa idéia, ainda mais enquanto se diverte. Hooo!!

Hoje trago duas inovações desta forma, a primeira é de um aparelho que promete transformar barulho em energia (tem cidades que vai sobrecarregar…). Veja a imagem abaixo:

som-vira-energia-02-0211

Seu inventor é um designer japonês, Hung-Uei Jou, leva o nome de Green Noise, eu diria que faz sentido. Ele é capaz de captar sons altos e convertê-los em eletricidade. De acordo com o designer, o protótipo conta com uma espécie de tomada e que tem duas opções de uso: a energia elétrica produzida pode ser utilizada para iluminar o próprio aparelho ou pode alimentar outros equipamentos eletrônicos (isto é bom…).

A intenção do inventor é de que ele seja usado em aeroportos, pelo fato dos altos ruídos das turbinas dos aviões que chegam a 120 decibéis, o que é suficiente para iluminar os sinalizadores das pistas, no caso, menos um gasto para os aeroportos…

A outra inovação é de uma bola que transforma chutes em energia, este eu pirei fiquei encantada, pode ser que seja uma jogada de marketing a maioria é, por ser utilizados os protótipos na África, mas o que interessa é que vai ajudar MUITAS  famílias.

0,,35900906-FMM,00

– Já pensou uma mãe fala para o filho, “Vai lá jogar uma bolinha, eu quero assistir novela mais tarde!”, bem legal.

“A sOccket capta a energia do impacto que normalmente é perdida para o ambiente, quando a bola é chutada, e armazena esta energia para uso posterior”, explicam as desenvolvedoras no site oficial do projeto.

Isto leva apenas 15 minutos, uma “pelada” como é chamado aqui no Brasil. Mas enfim, os primeiros protótipos da bola utilizam um mecanismo de bobina indutiva semelhante ao encontrado na tecnologia conhecida como ‘mexa para carregar’ (shake-to-charge, em inglês) de lanternas”.