Especialistas concedem coletiva nesta quarta-feira sobre oficina de Ecoturismo no Parque Cantão

Chega em Palmas nesta quarta-feira, 27, uma equipe de palestrantes para as realizações da Oficina Aberta de Ecoturismo no Parque Estadual do Cantão, e da I Oficina Técnica do Prócantão – Projeto TFCA/Funbio (Fundo Brasileiro para a Biodiversidade). A equipe concederá entrevista coletiva, às 14h, na sede do Naturatins – Instituto Natureza do Tocantins, e logo em seguida parte para o Parque Estadual do Cantão, próximo à Caseara para participar do evento.

 

As oficinas, promovidas pelo Naturatins em parceria com o Instituto Araguaia e a ONG Onça D’Água, foram motivadas pelas belezas naturais da região e a preocupação com as principais ameaças ao PEC como a pesca predatória, a caça ilegal, o turismo desordenado, e os incêndios florestais. A programação da Oficina Aberta de Ecoturismo acontece entre os dias 29 e 30, e a Técnica Prócantão, em 30 de junho e 1º de Julho, ambas na sede do Parque.

 

Participarão dos eventos especialistas como Rodrigo Ozório, técnico do Grupo de Turismo de Base Comunitária do Instituto de Desenvolvimento Sustentável Mamirauá, no Amazonas; Rob Williams da Sociedade Zoológica de Frankfurt (Programa de Conservación Andes Amazônia), George Georgiadis, do Instituto Araguaia de Proteção Ambiental; Angélica Beatriz Correa Gonçalves, Associação Onça-D´Água de Apoio à Gestão e ao Manejo das Unidades de Conservação do Estado do Tocantins; Fátima Gomes, do Naturatins, entre outros.

 

Oficina Aberta

A Oficina Aberta de Ecoturismo no Parque Estadual do Cantão tem o objetivo de promover uma oficina de planejamento de ecoturismo na região. Será uma oportunidade para a disseminação de conhecimento aos membros da comunidade, técnicos e alunos de turismo e de gestão ambiental, trazendo-os ao processo de tomada de decisão, e garantindo, assim, o caráter participativo necessário ao bom desempenho do projeto.

 

Para o primeiro encontro participarão os agentes de viagem de ecoturismo do Tocantins, condutores ambientais treinados pelo Naturatins, lideranças comunitárias dos municípios do entorno do PEC, e representantes dos setores hoteleiros e de restaurantes de Caseara, da Associação de Barqueiros e da Colônia de Pescadores de Caseara; do Conselho do PEC, da Agencia de Turismo do TO – ADTUR; e professores da UFT – Universidade Federal do Tocantins, ULBRA – Universidade Luterana do Brasil, e FAPAF – Faculdade Antônio Propício Aguiar Franco, de Pium, além e ouvintes convidados.

 

Oficina Técnica

A Oficina Técnica do PróCantão é a primeira de uma série de três. A primeira terá como foco efetuar o microzoneamento das trilhas e lagos da sede e Zona de Uso Intensivo, e definir as regras e procedimentos específicos para seu uso; a segunda, estabelecer padrões para monitorar o impacto da visitação, com base na condição ecológica da área sob proteção intensiva ao redor da base do Instituto Araguaia; e a visará definir indicadores e procedimentos para monitorar o impacto da visitação e o nível de satisfação dos visitantes.

 Texto: Edvânia Peregrini – Ascom Naturatins