Grande especialista em répteis e anfíbios ministra curso no MS

paulobernarde2

Paulo Sérgio Bernarde estará na Quinta do Sol, em Corguinho entre os dias 21 e 23 de dezembro. Inscrições a R$310

Uma rara oportunidade se apresenta para biólogos, estudantes e criadores de anfíbios e répteis. Um dos maiores especialistas no tema do Brasil, Dr. Paulo Sérgio Bernarde, virá do Acre para o Mato Grosso do Sul para ministrar o curso Diversidade e Ecologia de Répteis e Anfíbios. As aulas acontecem entre os dias 21 e 23 de dezembro, no Instituto Quinta do Sol, no distrito de Taboco, em Corguinho. A 150 km da capital Campo Grande, o local, de fácil acesso, tem ambiente extremamente propício para este tipo de atividade de campo. As inscrições, que custam R$310, estão abertas até o dia 18. O valor inclui camping e alimentação.

Formado em Ciências Biológicas pela Universidade Estadual de Londrina, mestre em Zoologia pela Universidade Federal do Paraná e doutor em Ciências Biológicas pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, atualmente, Paulo Bernarde é Professor Associado da Universidade Federal do Acre e docente permanente credenciado nos cursos de Mestrado em Ecologia e Manejo de Recursos Naturais da UFAC (Rio Branco – AC) e de Doutorado na Rede de Biodiversidade e Biotecnologia da Amazônia Legal.

“O curso baseia-se em aulas teóricas, procurando capacitar o aluno com informações sobre anfíbios (rãs, sapos e pererecas) e répteis (cobras, lagartos, jacarés e tartarugas) e também aulas práticas, onde no contato com a natureza serão observadas as espécies da herpetofauna regional”, adianta o especialista.

paulobernarde3

Paulo Bernarde acrescenta ainda que nas últimas décadas houve um aumento significativo do interesse pela herpetologia por parte da população brasileira, tanto por profissionais das áreas biológicas e acadêmicos do curso de biologia como por “herpetocultores”, que criam estes animais como hobby.

“São animais de grande importância nos ecossistemas e alguns grupos vêm sendo utilizados como bioindicadores. Outra importância são os acidentes ofídicos que é um tema de interesse para os profissionais que vão a campo e também para os de saúde. Por isso, torna-se necessário o ensino deste ramo da zoologia para interessados que desejam se aprofundar no tema”, finaliza.

Inscrições e informações pelo e-mail iquintadosol@gmail.com

Conheça o site do Paulo Bernarde: http://www.herpetofauna.com.br/