#Livro – Conheça 101 regras básicas para uma arquitetura de baixo consumo energético

101Regras

Fonte: Instagram – @daianevv @vivoverde

No início deste mês recebi este livro da editora #GGBrasil com o título “101 regras básicas para uma arquitetura de baixo consumo energético” escrito por Huw Heywood.

Adorei a ideia do livro, com leitura simples, ilustrações/desenhos são diretos, fácil interpretação e entendimento. Perfeito para estudantes e até profissionais. Apresenta truques valiosos e de vasta aplicação. Vale a leitura! Vamos a algumas dicas/regras:

8 – Evite o superaquecimento no verão;

36 – Edificações pesadas aquecem e resfriam lentamente;

55 – Colete o calor gratuito com o uso de uma estufa anexa;

71 – Use a luz natural para reduzir o consumo de energia elétrica. Cada um mais legal que o outro!

Regra4 Regra41 Regra71 Regra26

O livro pode ser comprado AQUI!

Sinopse

Para evitar o calor nos interiores, não se deve permitir que o sol penetre neles. As cores do exterior afetam o consumo energético. Uma janela alta permite que a luz natural entre com maior profundidade em um ambiente. Os edifícios com grande massa termoacumuladora aquecem e esfriam lentamente, enquanto o contrário ocorre com os prédios leves. A água armazena mais calor que o concreto. A massa termoacumuladora é o oposto do isolamento térmico… Entender como as edificações respondem a seus entornos pode nos ajudar a reduzir de forma significativa o consumo de energia com calefação, refrigeração e iluminação artificiais.

Este livro reúne 101 regras básicas para otimizar o aproveitamento da energia natural na arqui¬tetura e projetar de um modo direto e intuitivo, de acordo com os princípios do baixo consumo energético. Trata-se de um guia fundamental e de fácil uso, repleto de bons conselhos e ilustra¬ções reveladoras que nos permitem apostar na redução do consumo de energia com base nos princípios mais básicos.

Huw Heywood é arquiteto. Com mais de vinte anos de prática em nível internacional, já trabalhou em projetos de escalas muito diferentes no Reino Unido, na Alemanha e na China. Atualmente é professor de graduação e pós-graduação na Escola de Arquitetura da Universidade de Portsmouth, onde tem focado na docência e na pesquisa sobre o urbanismo e a arquitetura sustentáveis.