#PalmasColeta promoverá a separação de materiais recicláveis em Palmas/TO

PalmasColeta

Visando desenvolver a cadeia produtiva de materiais recicláveis e estimular a reciclagem na Capital, a Prefeitura realizará o projeto Palmas Coleta. Nesta terça-feira, 02, foi realizada reunião para definição das ações a serem implantadas pelo projeto, que tem lançamento previsto para o dia 17 de maio.

O projeto, que tem importante apelo econômico, de geração de trabalho e renda, envolverá diversos órgãos municipais na sua implantação, com a coordenação da Fundação Municipal de Meio Ambiente; de Desenvolvimento Econômico e Emprego (FMA); de Infraestrutura, Serviços Públicos, Trânsito e Transporte, de Educação e de Energias Renováveis.

A madrinha do projeto, a primeira-dama de Palmas, Glô Amastha, explica que o objetivo principal do Palmas Coleta é o “envolvimento de toda a população palmense, considerando que, através da participação de todos o projeto se torne permanente e, assim, a nossa cidade seja de verdade, uma cidade moderna”.

Outra questão fundamental, segundo Glô, é a participação ativa dos catadores de recicláveis. “Isso significa melhoria de renda para quem trabalha na área e ampliação para outras pessoas que queiram aderir à coleta seletiva como atividade econômica”, lembrou a primeira-dama.

Entre as ações a serem realizadas pelo Palmas Coleta está “a implantação de pontos de coleta para recebimento dos materiais recicláveis e ações de comunicação para informação e conscientização sobre a importância da reciclagem de resíduos”, explica o presidente da Fundação Municipal de Meio Ambiente, Evercino Moura.

A rede municipal de educação, por exemplo, irá trabalhar o tema no currículo multidisciplinar. “As crianças vão discutir e produzir textos sobre a coleta seletiva, e depois vamos desenvolver ações para o processo de coleta, com o envolvimento dos estudantes”, informa o secretário de Educação, Danilo Melo.

 

Fonte: Prefeitura de Palmas/TO