#ParceriaUJ – Transportes alternativos x Edificações

Por Adriana Noya

Foto: Thinkstock

Foto: Thinkstock

Sustentabilidade é como conseguir viver no presente, desfrutando do planeta de uma forma que seja possível que os nossos filhos e netos vivam da mesma forma no futuro. É deixar o mínimo de efeito negativo e, se for possível, deixar um efeito positivo, contribuindo para melhorar o meio ambiente.

Um aspecto a ser levado em conta é o meio de transporte.  O gás carbônico liberado pelos automóveis é um dos maiores fatores de poluição do ar.

Nas nossas edificações, principalmente nos prédios comerciais, podemos estimular a diminuição desta poluição de diversas formas.

Tudo começa ainda na fase da escolha do terreno. Ela deve ser próxima a estabelecimentos que usamos quase que diariamente, como escolas, hospitais, bancos, restaurantes, centro comerciais, etc.

Com esta proximidade, seus usuários podem percorrer distâncias a pé (a famosa walking distance, em inglês). Agora, fala-se até mesmo em bycicling distance (distância a ser percorrida de bicicleta). Podemos notar que o uso deste meio de transporte tem crescido bastante, principalmente na cidade de São Paulo, onde notamos um número crescente de ciclofaixas.

Ainda para estimular o uso da bicicleta, as edificações mais sustentáveis, oferecem locais para guardá-las e também vestiários para seus usuários.

A proximidade ao acesso a meios de transporte de massa, como pontos de ônibus e metrô também é muito importante.

A ideia principal é tentar, de alguma forma, diminuir o impacto da implantação desta edificação na cidade.

Matéria em parceria com o portal Universo Jatobá.

Logo Universo Jatobá - Parceria