#VisiteSalzburg – A capital dos eventos sobre Sustentabilidade, dá o seu exemplo

#Colaborador: Eduardo Ribeiro do visitesalzburg.com para o blog VivoVerde.

Salzburg/Áustria

Salzburg/Áustria fornece aos turistas e moradores vários produtos regionais, e eles estão ansiosos para consumi-los, não apenas por razões financeiras. O “pensamento verde” ou “think green” aumenta a cada dia. Um número crescente de congressos voltados à sustentabilidade estão adotando a cidade por ela ser um exemplo em relação aos critérios rigorosos de sustentabilidade. Há inclusive um “certificado verde” concedido pela central de congressos de lá que garante reuniões genuinamente verdes (Green Meeting Certificates from Salzburg Convention Bureau).

A cidade de Salzburg é a quarta maior cidade da Áustria e com aproximadamente 148 mil habitantes é também capital do estado federal de mesmo nome. É conhecida pelo seu cenário de Alpes, bem como o seu centro histórico, que foi tombado como Patrimônio Mundial pela UNESCO em 1997 além de ser sempre lembrada por seu ilustre filho, o famoso pianista Mozart.

Salzburg investe pesado na mobilidade urbana possuindo uma rede de ônibus elétricos e um sistema ferroviário suburbano, com quatro linhas. Algumas pessoas referenciam a cidade como a “Estação Ferroviária Central da Europa”, por a mesma ser servida de várias ligações ferroviárias, com trens leste-oeste frequentes vindos de Viena, Munique, Innsbruck e Zurique atuando também como conexão para os chamados trens-bala para toda a Europa.

A estação Central de Salzburg foi totalmente reformada pensando sempre na sustentabilidade. As faixas e as plataformas são cobertas com um teto de vidro e telhado de membrana transparente. Além disso, a estação tem um sistema geotérmico que fornece toda a energia necessária para o seu arrefecimento e aquecimento.

Salzburg/Áustria

Devido ao tamanho da cidade (66 km²), a distribuição da mobilidade é típica das pequenas cidades Austríacas. Salzburg possui uma taxa de caminhada média (22%), uma baixa taxa de transporte público (16%) e uma alta taxa de transporte ciclístico (16%). No entanto ainda há uma alta taxa de transporte individual (46%) principalmente durante o verão, onde o número de turistas aumenta e os mesmos preferem alugar carros e/ou andar de táxi. Embora a qualidade do sistema de transporte público em Salzburg seja muito boa, o uso do transporte público é baixo, em comparação com outras cidades européias, fazendo com que isso espante um pouco os turistas.

Salzburg/Ástria

No entanto, desde 2008 foi traçado um plano com o objetivo de aliar o desenvolvimento da região com atitudes sustentáveis chamados INTERREG. Esse plano inclui a melhoria da qualidade do transporte público bem como o fomento do “bike-friendly” na Áustria. Há uma empresa chamada Movelo que aluga bicicletas elétricas para os turistas (as chamadas “Swiss Flyer”). Essas bicicletas elétricas podem ser alugadas e recarregadas em diversos pontos da cidade (http://www.movelo.com/de/alle-stationen/?region=62).

 

Salzburg/Áustria

 

O interesse por atitudes sustentáveis já vem desde meados do século passado quando ainda nem tínhamos tanta preocupação com esse tema. Em 1946, um Austríaco chamado Clemen Heller, estudante de Harvard tinha uma visão de fazer uma ponte entre Americanos e Europeus através da cultura entre os continentes. Aliado à Richard Campbell, iniciou o projeto angariando fundos para criar uma instituição que colaborasse nisso. Conta a lenda que em 1947, Heller esbarrou com Helene Timing, viúva do produtor de teatro Max Reinhardt, no metrô em Nova York. Max era amigo dos pais de Heller antes da guerra e tinha uma casa de verão na cidade de Salzburg chamada Schloss Leopoldskron. E foi de lá que veio a ideia de nomear a instituição chamada Salzburg Global Seminar que também virou a sede da Instituição em 1947.

 

Salzburg/Áustria

 

A Salzburg Global Seminar é uma organização sem fins lucrativos que realiza seminários sobre temas diversos como saúde, educação, cultura, economia, geopolítica e filantropia. Seu objetivo é “desafiar presentes e futuros líderes para resolver problemas de caráter global” através de encontros e congressos na antiga casa de verão Schloss Leopoldskron e em outros locais ao redor do mundo.  Um dos principais temas atualmente discutidos nos seminários é a sustentabilidade.

Para conhecer mais sobre os trabalhos relacionados à essa área publicados pela Salzburg Global Seminar clique aqui.

Além dos seminários promovidos pela instituição, outros eventos sobre sustentabilidade ocorrem todos os anos, organizados principalmente pela Universidade de Salzburg, onde há um projeto especial para essa área: o PLUS GREEN CAMPUS.  O objetivo deste projeto é transformar a universidade em um lugar “verde” incluindo todos os aspectos da vida universitária. Envolvendo pessoas, natureza e economia, a universidade tenta equilibrar essas três áreas para o benefício de todos os parceiros através de alternativas e ideias inovadoras fomentadas pela própria comunidade acadêmica.  Para saber mais sobre esse projeto clique aqui.

O próximo grande congresso envolvendo sustentabilidade em Salzburg será 14º Congresso Internacional de Reciclagem de Eletrônicos (IERC 2015) de 21 à 23 de Janeiro de 2015.  Nesse congresso serão discutidas as mais recentes colaborações e inovações na diretiva REEE do mundo. A diretiva de Resíduos de Equipamentos Eléctricos e Electrónicos – REEE (em inglês WEEE – Waste Electrical and Electronic Equipment Directive) é a diretiva da União Europeia 2002/96/CE relativa à gestão dos resíduos de equipamentos elétricos e electrônicos que, juntamente com a Diretiva RoHS 2002/95/EC, se tornou norma na Europa em fevereiro de 2003, e define a necessidade de recolhimento, reciclagem e valorização de todos os tipos de produtos elétricos.

Salzburg/Áustria

Não se sabe ao certo quem teve a maior influência para atrair os “congressos verdes” da cidade. A prefeitura, as Universidades locais, e a própria conscientização da população contribuíram para fama “ecossustentável” de Salzburg. Mas uma coisa ninguém duvida, o cenário que remete à natureza é tão exuberante que ao se deparar com tamanha beleza não há quem duvide que preservar é preciso.

 

Salzburg/Áustria

 

Para conhecer mais a cidade acesse www.visitesalzburg.com e curta nossa página no Facebook: www.facebook.com/visiteSalzburg.

 

Fontes: Salzburgcb | eu-advance | Inhabitat | eu-advance 2 | Salzburg.info

Nota editora: Esta matéria foi escrita por um grande amigo, que por algum tempo irei perder sua companhia, mas três anos passa rapidinho e quando retornar, será um doutor! Tenho muito orgulho de você amigo, desejo a você e ao Maurílio toda a sorte do mundo e que este novo projeto do #VisiteSalzburg seja um sucesso, maior ainda! #Teremosorte #TeAmo #SentireiSaudades