VivoVerde visita o projeto Criando Arte e participa da Semana Otimismo que Transforma

“Semana Otimismo que Transform Coca-Cola”

E por mais uma vez a Coca-Cola me convida para seus geniais eventos, desta vez é a Semana Otimismo que Transforma. O conceito inicial que chegou a mim e pela publicidade (vídeo) é de que todo produto da Coca-Cola que for vendido, o valor arrecadado será revertido em doações para os projetos ambientais, como este do Tião.

Além de participar ao comprar produtos da marca, você ainda pode participar de um mural de imagens e vídeos, mostrando como cada um participa desta história, acreditando que de pequenos atos a gente pode melhorar o Brasil.

O dia que foi reservado para nós do #VivaPositivamente foi a segunda-feira (21) passada, saí de casa bem cedo, afinal eu creio que seja a que mora mais longe do grupo… Se não fosse isto… A Trip ainda brincou bonito comigo, não avisando que minha conexão havia sido cancelada e me fez correr muito e ainda me mandou para BH, mas teve pelo menos algo bom  nesta maratona, senti frio de verdade pela primeira vez no ano (rs).

Depois deste probleminha, cheguei no Rio de Janeiro, mas para o almoço já. Acabei perdendo o encontro com o Tião, mas selecionei um trecho da Elenara do #VivaPositivamente que teve o privilégio de falar com ele:

“O Sebastião Carlos dos Santos, um jovem brasileiro que passou a juventude em um ambiente difícil como o lixão do Jardim Gramacho nos contou alguns aspectos de sua vida, de menino que tentava achar algo bom em conviver com o lixo, no jovem que descobriu naquele local um livro jogado fora que mudou sua vida. O Principe de Maquiavel (e veja no vídeo abaixo essa experiência pelas suas palavras).”

Além deste, tem a Maria Miller:

“[…] ele trabalhou com Vik Muniz no documentário “Lixo Extraordinário“, que até concorreu ao Oscar no ano passado. Além de participar do filme, Tião foi retratado por Vik em um dos trabalhos mais bonitos do artista plástico.”

Bom, no mais a história dele é realmente incrível, fiquei muito triste em não poder ter comparecido, mas é assim mesmo, bola para frente…

A segunda parte do encontro era a visita à Cidade de Deus, no qual conhecemos o trabalho da Lea Serra (Criando Arte),que faz parte do Coletivos Coca Cola e faz um trabalho maravilhoso com garrafa PET na laje da sua casa, até ganhamos uma bolsa linda (foto abaixo), o processo de fabricação é bem fácil, apenas corta-se tiras que chegam a quase 2 metros (1 garrafa de 2 litros), lixa estas fitas, “pinta” com giz de cera e depois faz-se as tramas. Mas além de bolsas, também vi brincos, pastas e fotos de vestidos, “cumbucas” e várias outras coisas. o que me deixou mais impressionada é que os objetos não tinham aquele aspecto estranho de “coisas feitas de PET”, mas sim um acabamento lindo e muito bem feito, pois ela e sua equipe foram assessoradas por designers que lhes deram toques de como aprimorar seus produto! Quem quiser comprar clique AQUI.

Na visita ficamos sabendo de um “bafão”, a equipe brasileira que vai para as Olímpiadas de Londres levarão porta-passaportes feitos de PET pela equipe da Lea Serra (verde e amarelho, claro rs). Há, tive a honra de conhecer o Rene da Silva que tuitava de dentro do Complexo do Alemão o que ocorria lá dentro durante a invasão –  Voz das Comunidades.

Sendo bem sincera, eu sou muito feliz por conhecer estes projetos de perto, recebo vários releases de ONGs, empresas e entidades que trabalham a favor socioambiental, mas poder ter o contato físico com estas realidades é totalmente diferente…

É por isto que deixo aqui o meu convite para você aproveitar e tentar ajudar estas entidades, não apenas na #SemanaOtimismo (comprando os produtos), mas também, conhecendo os trabalhos do pessoal e quem sabe também comprando!

Quer mais fotos? A Otagai agrupou algumas de suas fotos AQUI e AQUI.

Saiba mais:

asta.org.br

cocacolabrasil.com.br