#VivaPositivamente – Mais sabor, menos sódio! Uma experiência gastronômica.

Material_do_VivaPositivamente

Além de dias conturbados leia o fim do post, me resta tempo de ir em São Paulo por 1 dia e ver os amigos do #VivaPositivamente, desta vez não foi fácil escrever esta matéria, tanto por tempo, quanto por “nicho”! Explico, este último encontro que tivemos fugiu um pouco do conceito do VivoVerde, de falar sobre meio ambiente, mas sempre defendi que o meio ambiente ele pode estar em qualquer lugar…

E pensando nisto, resolvi, dar uma  pequena introdução do que foi o evento (uma aula de culinária, totalmente diferente de tudo que já participei em minha vida) e agrupar as questões sustentáveis que nos agraciaram durante o evento.

Pense em um evento regado a comida, mas não era qualquer comida, eram porções de alto teor de sabor e baixíssimo teor de sódio! Incrível, pois sou de uma casa em que os temperos sempre foram protagonistas, e o sal era bem na medida, mas hoje percebo que era o meu paladar que já estava acostumado à quantidade de sal, que no caso já era alta, e quando imaginamos todas as outras refeições e alimento do dia, somados, aí que aumenta o teor de sódio com certeza!

Nutricionista Maria Cecilia Corsi, do Livlight Nutrição Gourmet

Nutricionista Maria Cecilia Corsi, do Livlight Nutrição Gourmet

Desta vez a inspiração saborosa veio da oficina com a Maria Cecilia Corsi sobre as vantagens da alimentação com pouco sal, ela é nutricionista reconhecida e defende a alegria de comer. Criadora da Liv Light, refeições gourmet, ela tem programa na rádio Jovem Pan e criou, entre outras, as receitas do app touchscreen do refrigerador da Electrolux (belíssima)! O mais louco neste encontro foi perceber o quanto de sal comemos sem perceber, olha só o ranking dos 100 alimentos cheios de sódio e abaixo os top 10 (via @Apezinho):

1. Macarrão instantâneo de galinha, 1 pacote
2. Macarrão instantâneo de carne em copo, 1 unidade
3. Lasanha congelada à bolonhesa, 1/2 unidade
4. Tempero pronto para arroz, 1 col. de chá
5. Macarrão instantâneo de galinha em copo, 1 unidade
6. Carne-seca cozida, 100 g
7. Macarrão instantâneo de carne, 1 pacote
8. Lasanha congelada de quatro queijos, 1/2 unidade
9. Bacalhau refogado, 100 g
10. Caldo de carne, 1/2 cubo

Alguns dos pratos apresentados e o local. #VivaPositivamente

Algum te surpreendeu? Para mim, todos, considerando que a dose máxima de sal recomendada pelo Ministério da Saúde é de 5 g por dia (2.000 mg de sódio). Outro que me admirou foi o tal do sal do Himalaia, que é mais um tipo de sal (sim, também não sabia que haviam outros) com bem menos sódio! E que tem alguns benefícios para quem usa no lugar do sal de mesa regular incluem:

Auxilia na saúde vascular;
Ajuda pulmões saudáveis e função respiratória;
Promove o equilíbrio do pH estável dentro das células;
Reduz os sinais de envelhecimento;
Promove padrões de sono saudável;
Aumenta a libido;
Previne cãibras musculares;
Aumenta a hidratação;
Fortalece os ossos;
Reduz a pressão arterial;
Melhora a circulação;
Desintoxica o corpo de metais pesados.

Alguns dos pratos apresentados e o local. #VivaPositivamente

Alguns dos pratos apresentados e o local. #VivaPositivamente

 

No evento recebemos lindos aventais temáticos do assunto em pauta e feitos de forma sustentável, a partir de fibras de garrafa PET recicladas, algodão reciclado, algodão orgânico, e Treetap (couro vegetal desenvolvido nos seringais da Amazônia) da empresa Ciclo Ambiental, bemmm legal!

Segue uma receita das quais tivemos o prazer de saborear neste gastronômico evento:

Sopa Creme de Cenoura com Rúcula

Ingredientes

  • 5OOgrs de cenoura cortada em rodelas
  • 700ml de caldo de legumes caseiro
  • 1 cebola pequena
  • 1 colher de requeijão light
  • 3 colheres sopa de azeite
  • 1 xícara de chá de rúcula rasgada

Modo de fazer

Em uma panela coloque a cebola, o caldo de legumes e a cenoura. Deixe cozinhar até que as cenouras fiquem macias. Separe 1 pires de chá das cenouras e reserve. O restante leve ao liquidificador e bata até formar um creme. Acrescente o requeijão e deixe bater mais um pouco. Volte para a panela e deixe ferver. Coloque uma concha da sopa no prato. Em seguida, coloque um punhado das cenouras cozidas, regue com uma colher de azeite e enfeite com a rúcula. Sirva em seguida. (via @Verborium)

O sal refinado tem um elevado teor de sódio favorecendo a pressão alta e a retenção de líquidos, pois desde o processo de industrialização o sal marinho passa por uma lavagem onde são perdidas as algas microscópicas que fixam o iodo natural, por isso se acrescenta o iodo sob a forma de iodeto de potássio prevenindo o bócio. Como o iodeto é utilizado  em uma quantidade superior à quantidade normal de iodo do sal natural, deixa o organismo vulnerável a doenças da tireóide como nódulos, tumores e câncer. (via @LucianaKotaka)

Equipe do #VivaPositvamente

Quer saber mais sobre o evento? Sugiro os posts dos blogs parceiros:

Vale assistir ao vídeo sobre o evento: Mais Sabor, menos sódio! #VivaPositivamente

Eu, toda trabalhada no avental do #VivaPositivamente e mega saciada de porções saborosas.

Eu, toda trabalhada no avental do #VivaPositivamente e mega saciada de porções saborosas.

Nota da autora: Sim, minha vida anda cheia, o trabalho anda me consumindo muito e ainda não é o que espero para minha vida, tenho aulas de inglês e semanas completamente entupidas de afazeres, chega no fim de semana e tudo parece desabar em minhas costas e só quero cama, mas ok! Este é quase um pedido de desculpas, por matérias mais autorais e também mais detalhadas. Para quem é blogueiro entende o quanto isto toma nosso tempo, pois queremos algo bem feito e que o leitor se sinta integrado a tudo isto, pois o que escrevemos sempre terá um teor de paixão, carinho e sensibilidade do nicho em que amamos. Deixo aqui meu comprometimento de melhorar, cada vez mais meu relacionamento com vocês, tudo voltará ao normal e eu encontrarei o meu lugar ao sol aqui  e profissionalmente, sempre tive fé nisto e vocês sempre fizeram parte de tudo isto. Desculpa, tenham paciência comigo e obrigada!