Corra dos tornados!!

1

Demorei? É, eu sei que sim, muito trabalho e pouco tempo e confesso envergonhada que pouca inspiração também … eu diria que uma vida bem conturbada. Mas hoje, saracutiando pelo Twitter ví este postado pelo @VozdoAlem que dizia:

Trem vs tornado: http://bit.ly/c80ii Natureza WINS! (via @sedentario)


Veja abaixo o que um tornado pode provocar, mesmo a um veículo tão “pesado”:


E claro, depois disto fui pesquisar um pouco mais sobre o que são, um tornado é um pequeno, porém intenso, redemoinho de vento, formado por um centro de baixa pressão durante tempestades. Se o redemoinho chega a alcançar o chão, a repentina queda na pressão atmosférica e os ventos de alta velocidade (que podem alcançar mais de 500 km/h) fazem com que o tornado destrua quase tudo o que encontrar no meio de seu caminho, até mesmo um trem em alta velocidade como se pode ver no vídeo acima.

A formação de um tornado pode ser dada por 4 fases:

  1. Antes do desenvolvimento da tempestade, uma mudança na direção do vento e um aumento da velocidade com a altura criam uma tendência de rotação horizontal na baixa atmosfera. Essa mudança na direção e velocidade do vento é chamada de cisalhamento do vento;
  2. Ar ascendente da baixa atmosfera entra na tenpestade inclinada e o ar em rotação da posição horizontal muda para a posição vertical;
  3. Então há a formação de uma área de rotação com comprimento de 4 a 6 km, que corresponde a quase toda a extensão da tempestade. A maioria das tempestades fortes e violentas são formadas nestas áreas de extensa rotação;
  4. A base da nuvem e sua área de rotação são conhecidas como wall cloud. Esta área é geralmente sem chuva.

Ainda fascinada pelos furações e tornados encontrei alguns vídeos interessantes e eu diria que até assustadores:

Há, encontrei um vídeo bem legal e engraçado! tsc

As tempestades que alcançam a intensidade de tempestade tropical recebem nomes como meio de eliminar confusões quando há vários sistemas numa mesma bacia e ajuda as pessoas no aviso da chegada da tempestade. Na maioria dos casos, um ciclone tropical mantém seu nome durante seu período de existência; no entanto, sob circunstâncias especiais, os ciclones tropicais podem mudar de nomes enquanto estão ainda ativos. Estes nomes vêem de listas que varia de região para região e são definidos alguns anos antes de serem usados. As listas são confirmadas depois, dependendo das regiões, pelos comitês da Organização Meteorológica Mundial (OMM) (chamada primeiramente para discutir muitos outros assuntos) ou pelos escritórios meteorológicos nacionais envolvidos na previsão das tempestades. A cada ano, os nomes de tempestades particularmente destrutivas (se há algum) são “retirados” e novos nomes são escolhidos em substituição àqueles.

Ainda quanto as nomenclaturas, se quiser saber mais clique aqui e aqui.

Ei, siga-me no twitter @VivoVerde e mande-me sugestões e dúvidas (via e-mail ou twitter) que seu tweet ou e-mail será apresentado aqui!

_____________

Matéria postada na coluna “Contagem regressiva pra o fim do mundo” no Blog Suspensa. Para ler outras matérias CLIQUE AQUI.