Metrô movido à energia renovável

Enquanto isto na Espanha…

metro

… na cidade de Bilbao, o serviço de metrô anunciou que seu sistema de transporte é completamente alimentado por fontes renováveis (2008), o primeiro no mundo a fazer isto.

Eles afirmam que esta nova tecnologia deixou de emitir 46.000 toneladas de CO2 na atmosfera no ano passado por não utilizar energia de combustíveis fósseis, o equivalente a 8.000 carros nas ruas. Além disto, estes “metrôs” são mais eficazes, seu sistema de freios reduz em 30% o consumo energético. Fonte: GoodCleanTech

Daiane Santana

Daiane Santana é a idealizadora do #VivoVerde, mora em Palmas/TO há 15 anos e há 11 escreve neste site. Formada em Engenharia Ambiental, pela UFT – Universidade Federal do Tocantins, pós-graduanda em Gestão de Recursos Hídricos e Segurança do Trabalho. Atua como consultora nas áreas de meio ambiente, segurança do trabalho e está a disposição do mercado de trabalho. Contato: contato@vivoverde.com.br | daiane@vivoverde.com.br | Twitter - @DaianeVV | Instagram: @DaianeVV

14 comentários em “Metrô movido à energia renovável

  • Pingback:Eng. Daiane Santana

  • Pingback:Belenos Govannon

  • 12 de junho de 2009 em 0:55
    Permalink

    Mas quais fontes renováveis seriam essas?
    Energia elétrica? De que fonte?

    Mas quanto a economia de energia.. esse é o espirito…

  • 12 de junho de 2009 em 1:39
    Permalink

    Se é de fonte renovável, então provavelmente seja de energia eólica ou no mais, solar (duvido).

    =]

  • Pingback:Eng. Daiane Santana

  • Pingback:Jorai

  • 12 de junho de 2009 em 4:12
    Permalink

    Bacana né? Acreditar em soluções substitutas pode fazer bem para o mundo e para o bolso.

    🙂

  • Pingback:Eng. Daiane Santana

  • Pingback:Eng. Daiane Santana

  • 12 de junho de 2009 em 10:49
    Permalink

    erm… mas metro já nao eh movido por energia eletrica…?

  • 12 de junho de 2009 em 11:37
    Permalink

    HIdrelétrica também é renovável Daiane, até lenha e biocombustíveis são renováveis, renovável não necesariamente signiica limpa. Só significa não ser fóssil.

    Neste caso, o Brasil já tem metros movidos a energia “renovável” a muito tempo. rsrsrs

  • 12 de junho de 2009 em 11:50
    Permalink

    Realmente… bem, esta era a notícia que estava no site, creio que foi na verdade para quantificar o grau de redução que tiveram depois da “troca”…

    Obrigada Davi!

  • 12 de junho de 2009 em 16:17
    Permalink

    Que nada Daiane..
    Acho que o principal da noticia é a utilização de tecnologias que diminuam o consumo de energia pelo metro em si.. como por exemplo os freios..

    Como eu disse reduzir é o caminho..

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.