Olimpíadas contra a poluição

As Olimpíadas em Pequim estão prestes a começar e a China se prepara para adotar medidas de emergência para manter o ar limpo durante este evento onde todo ato que se consagra pode se levar para a posteridade, assim caminha o espírito das Olimpíadas. A cidade se prepara com medidas como a ampliação do rodízio de veículos na capital e arredores caso não haja vento e chuva para dispersar a poluição, disseram consultores ambientais do governo nesta quarta-feira (30).

Os cientistas disseram que a névoa cinzenta que cobriu a cidade no fim de semana se deve a uma longa frente úmida e de ar quente, combinação que, segundo eles, não deve se repetir no período dos Jogos (8 a 24 de agosto). Mesmo assim, a organização prepara medidas de contingência, para caso a chuva não venha.

O governo já adotou um rodízio que tira metade dos carros de circulação a cada dia. Além disso, fábricas poluentes tiveram suas atividades restringidas num raio de dezenas de quilômetros.

Outra medida seria em que as pessoas só poderiam sair de carro quando o último dígito da data for igual à do último dígito da placa – por exemplo, só carros com placa com final 8 circulariam no dia 8, abertura dos Jogos.

Estas medidas de contenção da poluição de última hora é apenas a curto prazo, o grande feito olímpico seria trazer esta consciência para a vida de cada. E usar das Olimpíadas para ver como caminha a degradação ambiental, isso sim, traria de volta aquele espírito olímpico onde parava até uma GUERRA.

(Fonte: Estadão Online)

______________

E-mail para sugestões: daianeea@gmail.com