Programa acelera negócios paranaenses com impacto positivo na Grande Curitiba e no litoral do estado

Ao todo, 30 empreendimentos passarão por capacitação e mentoria gratuitas visando potencializar os benefícios gerados ao meio ambiente e à sociedade. As três iniciativas mais bem avaliadas no final do processo receberão até R$ 10 mil.

mobile phone with green recycling sign and mesh bag
Photo by ready made on Pexels.com

Empreendedores paranaenses que querem ter seus negócios acelerados e que promovem impacto positivo para a proteção da natureza e para o desenvolvimento socioeconômico em 15 municípios da Grande Curitiba e do Litoral do Paraná têm até o próximo domingo (06) para se inscreverem no Programa Natureza Empreendedora. Ao todo, 30 negócios de impacto já estruturados serão selecionados para passar por um processo gratuito de capacitação e aceleração. As três iniciativas mais bem avaliadas no final do processo serão premiadas com até R$ 10 mil.

A iniciativa da Fundação Grupo Boticário de Proteção à Natureza tem o objetivo de pensar formas inovadoras e diferentes que contribuam com a conservação da biodiversidade no trecho paranaense da Grande Reserva Mata Atlântica – o maior remanescente contínuo do bioma no Brasil. Ao longo de dez semanas, os negócios selecionados trabalharão com conteúdos de gestão, marketing, finanças e liderança, além de terem acompanhamento personalizado de consultores especializados para potencializar impactos positivos.

“A Grande Reserva Mata Atlântica é um território rico em biodiversidade, paisagens naturais e patrimônios históricos, arquitetônicos, culturais e gastronômicos. Um espaço rico em oportunidades para quem procura, de forma inovadora e sustentável, proteger esse legado, gerar receita e contribuir com o desenvolvimento social, econômico e ambiental da região”, afirma o coordenador de Negócios e Biodiversidade da Fundação Grupo Boticário, Guilherme Karam.

São elegíveis para participar do programa negócios paranaenses – sediados em qualquer região do estado – que gerem impacto positivo em um destes municípios: Adrianópolis, Antonina, Bocaiúva do Sul, Campina Grande do Sul, Guaraqueçaba, Guaratuba, Matinhos, Morretes, Paranaguá, Piraquara, Pontal do Paraná, Quatro Barras, São José dos Pinhais, Tijucas do Sul e Tunas do Paraná.

Para participar do programa, que conta com execução técnica do Sebrae-PR, os empreendedores precisarão ter disponibilidade de quatro horas semanais para participar de encontros on-line. O formulário de inscrição e mais informações podem ser acessados no site https://www.sebraepr.com.br/natureza-empreendedora/. Ao final do Natureza Empreendedora, os negócios passarão por uma banca e serão premiados os três mais bem avaliados em relação a critérios de viabilidade técnica e econômica, impacto ambiental positivo, execução e visão de futuro. O primeiro colocado receberá R$ 10 mil e o segundo e o terceiro lugares ganharão R$ 5 mil cada.

Natureza Empreendedora – Iniciado em 2018, o Natureza Empreendedora foi estruturado a partir da identificação do potencial empreendedor da região aliado à conservação da Mata Atlântica. No primeiro ciclo do programa, desenvolvido no ano passado, 35 empreendedores de Antonina, Morretes, Paranaguá e Guaraqueçaba participaram da ideação de sete negócios de impacto positivo ao meio ambiente com o intuito de explorar o potencial econômico da região, capacitar a comunidade local e aumentar a oferta de emprego.

Daiane Santana

Daiane Santana é a idealizadora do Portal VivoVerde, nascida e residente de Minaçu/GO e há 12 anos escreve neste site. Formada em Engenharia Ambiental, pela UFT – Universidade Federal do Tocantins, pós-graduada em Gestão de Recursos Hídricos e Segurança do Trabalho. Atua como consultor, ministra treinamentos nas áreas de meio ambiente, segurança do trabalho e está a disposição do mercado de trabalho. Contato: contato@vivoverde.com.br | daiane@vivoverde.com.br | Twitter - @VivoVerde | Instagram: @DaianeVV | 063999990294

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.