A menina que calou o mundo

meninario92

Veja o vídeo abaixo, no qual uma garota declama uma carta em uma Conferência no Rio de janeiro em 1992, a menina que calou o mundo por 5 minutos, o vídeo é meio antigo mas sua mensagem é incrível!
Não adiantou porra nenhuma muito, pois já se foram 17 anos, mas podemos fazer nossa parte.

A Conferência das Nações Unidas sobre Meio Ambiente e Desenvolvimento, tendo se reunido no Rio de Janeiro, de 3 a 14 dejunho de 1992, reafirmando a Declaração da Conferência das Nações Unidas sobre o Meio Ambiente Humano, adotada em Estocolmo em 16 de junho de 1972, e buscando avançar a partir dela, com o objetivo de estabelecer uma nova e justa parceria global mediante a criação de novos níveis de cooperação entre os Estados, os setores-chaves da sociedade e os indivíduos, trabalhando com vista à conclusão de acordos internacionais que respeitem os interesses de todos e protejam a integridade do sistema global de meio ambiente e desenvolvimento, reconhecendo a natureza integral e interdependente da Terra, nosso lar, no qual formula 27 princípios:

Declaracao_Rio92

É sempre bom sabermos de nossos direitos e deveres, a COP-15 em Copenhagem etá bem aí, chegou a hora de nossos governantes e representantes governamentais perceberem que não é hora de deixar um vídeo para a história com palavras bonitas e que não valha de muita coisa se for colocar na vida real…

Daiane Santana

Daiane Santana é a idealizadora do #VivoVerde, mora em Palmas/TO há 15 anos e há 11 escreve neste site. Formada em Engenharia Ambiental, pela UFT – Universidade Federal do Tocantins, pós-graduanda em Gestão de Recursos Hídricos e Segurança do Trabalho. Atua como consultora nas áreas de meio ambiente, segurança do trabalho e está a disposição do mercado de trabalho. Contato: contato@vivoverde.com.br | daiane@vivoverde.com.br | Twitter - @DaianeVV | Instagram: @DaianeVV

15 comentários em “A menina que calou o mundo

  • Pingback:Blog Vivo Verde

  • 29 de outubro de 2009 em 4:31
    Permalink

    Essa menina deu um tapa de luva em todo mundo. Bom seria se essas palavras tivessem feito eles tomarem alguma atitude notável, mas… enquanto eles não tomam, nós refletimos e fazemos nossa parte

  • 29 de outubro de 2009 em 4:35
    Permalink

    A menina falou mto bem, quem tem um pouco de consciência deve ter parado no mínimo para pensar.

    Agora se o ECO 92 teve efeitos positívos não sei, ao menos nunca ouvi nenhum governo se referindo ao documento para fazer nada.

    Os humanos são burros, só se dão conta mesmo das coisas quando o problema fica grave demais para resolver. É uma pena.

  • Pingback:Eng. Daiane Santana

  • Pingback:Nanda Botelho

  • Pingback:Eng. Daiane Santana

  • Pingback:patrícia marinho

  • Pingback:Gabriel Dread

  • Pingback:Lucas Emmanoel

  • Pingback:João Luiz ✔

  • Pingback:Eng. Daiane Santana

  • 18 de novembro de 2009 em 12:26
    Permalink

    é uma leseira só

  • 18 de novembro de 2009 em 12:31
    Permalink

    o que a garota falou foi muito interessante mas o que o comentario de carlos elias foi pessimo

  • 7 de janeiro de 2010 em 22:18
    Permalink

    poxa, fiquei impressionado com a fala da menina…
    com uma ONG e coisarada. muito interessante oque ela falou, pena que alguns so estavam olhando e nunca tomaram nenhuma atitude se quer..
    penso eu que ela se preocupou com muitos no futuro, infelizmente esses muitos sequer nao tomam nenhuma atitude minima para o meio…

    gostaria de saber aondi que anda essa menina agora, algum depoimento dela, se alguem conseugir algo mostre-nos

  • 12 de junho de 2012 em 11:40
    Permalink

    se for esperar atitude por parte de político,estamos todos ferrados,discuso realizado em 1992,e de lá pra cá,a situação do nosso planeta ficou ainda pior,sinal de que as belas palavras da menina e o puxão de orelha não resultou em muita coisa,é rezar e orar por Deus pra ter misericórdia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.