Dia da Gastronomia Sustentável: Electrolux comemora a data com resultados de seu projeto

Curso de formação em Gastronomia Sustentável já formou cerca de 90 profissionais e até o final de 2019 será mais 100 alunos

Foto: Divulgação

Para comemorar o Dia da Gastronomia Sustentável – data criada pela ONU (Organização das Nações Unidas) para ressaltar a importância da produção consciente dos alimentos – a Electrolux celebra resultados de seu projeto gastronômico que carrega o mesmo nome da data comemorada no dia de hoje.

Com o propósito de transformar a vida das pessoas para o melhor, reinventando experiências de sabor, cuidado e bem-estar, a Electrolux continua a todo vapor com seu projeto social global “Gastronomia Sustentável” nas cidades de São Carlos e Curitiba. Apenas em 2018, foram, ao todo, 77 alunos formados de comunidades locais de ambas as cidades. Em 2019, por enquanto, o número chega em 18. A expectativa, é que até o final do ano, 101 alunos recebam os certificados de profissionais de cozinha.

O curso profissionalizante de gastronomia, tem duração de 10 semanas, totalizando a carga horária de 120 horas. São 34 aulas com 10 módulos; cujos principais objetivos são o melhor aproveitamento dos alimentos utilizados e abordagens de temas relacionados à higiene, comida saudável, sustentabilidade e empreendedorismo.

Na grade, também estão previstas aulas de padaria e confeitaria, cozinha fria, vegana e vegetariana, entre outras. O curso oferece ainda, na cidade de Curitiba, treinamento e dicas para comportamento em entrevistas de emprego, para o aluno conseguir, com mais facilidade, recolocação no mercado de trabalho.

O “Gastronomia Sustentável” faz parte do For the Better, um dos compromissos globais da empresa para ajudar a enfrentar os principais desafios mundiais, como fome, má nutrição, desperdício de alimentos e consumo consciente. Além disso, também contribui para o atingimento dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável, estabelecidos pela Agenda 2030 da ONU. O programa é subsidiado pela Food Foundation, instituição global da Electrolux que apoia iniciativas locais voltadas para capacitação e o desenvolvimento sustentável.

“O objetivo do Gastronomia Sustentável é trabalhar em prol das comunidades locais, empoderar a população por meio de habilidades gastronômicas e, consequentemente, gerar uma transformação social ao ajudar os participantes a ingressarem no mercado de trabalho. Sendo assim, o projeto já ajudou a capacitar mais de 90 pessoas, das quais 50% já estão empregadas”.

explica Valmir Buscarioli, vice-presidente de Recursos Humanos da Electrolux para América Latina.

A Chef Morena Leite é a embaixadora do projeto, que contribui com sua ampla experiência gastronômica e envolvimento em projetos sociais próprios para enriquecer ainda mais a capacitação profissional das pessoas selecionadas para o curso.

O Gastronomia Sustentável ofereceu um total de mais de 30 horas de aulas, e a companhia calcula que cerca de 1.000 pessoas são impactadas a cada turma formada.

A multinacional opera por meio da Electrolux Food Foundation e conta com o apoio de parceiros estratégicos globais para realizar essa ação, numa união chamada de Feed the Planet, com o intuito de ajudar os participantes a saírem empregados após o curso. Entre eles estão AIESEC – responsável pelo engajamento com a comunidade e a World Chefs– que desenvolveu o currículo do curso, capacitou os treinadores e trabalhou no design da cozinha.

Chefs voluntários

As classes são ministradas em uma cozinha com chefs e professores de gastronomia voluntários de Curitiba e São Carlos:

  • São Carlos:
    • Andre Trabulsi Sadi, dono e chef do “Jolly Gastro Lab” em São Carlos
    • Ronan Costa, colaborador do “Jolly Gastro Lab”
    • Gabriela Motta Ginatto, colaboradora do “Jolly Gastro Lab”
    • José Adenildo da Silva, Chef instrutor da Sodexo
    • Elô Lobo, consultora e docente em gastronomia.
  • Curitiba:
    • Chef Ale Gonçalves (dono dos restaurantes Il Fornaro e Pizzeria Pistachio)
    • Chef Claudinei Oliveira (Chef em eventos)
    • Chef Larissa Guzzo (Chef eventos em Benis Gastronomia)
    • Chef Rafael Gonçalves (Chef em Cantina do Delio)
    • Chef Delio Canabrava (Dono Cantina do Delio)
    • Chef Reinhard Pfeiffer (Chef eventos, especialista em cozinha vegana e vegetariana)
    • Chef Patricia Lisboa (Chef em eventos)
    • Chef Victor Moraes (Chef consultor)
    • Chef Fernando Matsushita (Dono do restaurante DoPeruano)
    • Chef Vania Krekniski (Dona do restaurante Limoeiro)
    • Chef Rodrigo Machado (Dono da prestinaria, a casa dos pães)

A perspectiva do projeto social é implantar mais turmas no futuro, capacitando a cada ano cerca de 100 pessoas desempregadas nas cidades de São Carlos e Curitiba.

Daiane Santana

Daiane Santana é a idealizadora do #VivoVerde, mora em Palmas/TO há 15 anos e há 11 escreve neste site. Formada em Engenharia Ambiental, pela UFT – Universidade Federal do Tocantins, pós-graduanda em Gestão de Recursos Hídricos e Segurança do Trabalho. Atua como consultora nas áreas de meio ambiente, segurança do trabalho e está a disposição do mercado de trabalho. Contato: contato@vivoverde.com.br | daiane@vivoverde.com.br | Twitter - @DaianeVV | Instagram: @DaianeVV

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.