Simples passos para juntar-se à iniciativa verde sem passar necessidade

Convencer alguém a ser mais “verde” pode ser difícil, por isso o importante é não exigir enormes desafios no começo.

C:\Users\Miguel\Desktop\protect-450596_1280.jpg
Imagem de Gerd Altmann por Pixabay

A preservação da natureza e o impacto do ser humano no meio-ambiente é um assunto cada vez mais em voga. Mesmo que ainda exista resistência quanto ao assunto, isso está longe de ser o problema, já que qualquer discussão é válida e os avanços tem que ser comemorados. Mas apesar do burburinho, ainda é difícil convencer uma grande parcela da população da importância da iniciativa verde e de ser mais ecológico.

E há várias razões para isso: os alimentos orgânicos costumam ser mais caros e menos acessíveis, basicamente as embalagens são de plástico e deixar de lado a carne pode ser uma verdadeira batalha. Por isso não adianta chegar com uma cartilha fechada para convencer sua avó, primo ou amigo próximo a diminuir sua pegada ambiental. É importante entender seu lado e ajudar em pequenas mudanças que em um grande número de pessoas pode fazer enorme diferença. São elas: 

Cuidado com o plástico

O plástico é um inimigo que ficou no holofote recentemente com medidas como o banimento dos canudos desse material. Lá fora há iniciativas bastante interessantes como a do clube de futebol Tottenham, que impede em seu estádio de usarem plástico descartável. A razão para isso é a demora para a decomposição e o fato de grandes quantidades do material irem parar no mar.

É difícil eliminar 100% o plástico porque ele está muito presente em nossas vidas. Fazer isso não é econômico e nem prático. Mas poder cortar o máximo possível, ajudar na reciclagem e até motivar empresas e comerciantes a pensar em embalagens biodegradáveis já são movimentos ótimos.

Ajude as árvores

Não só plantando se você tiver a possibilidade para isso em um quintal, mas também não usando papel. Por causa primeiro do pen drive e depois do armazenamento em nuvem, muitas das coisas que só podiam ser vistas no papel agora podem ser vistas em uma tela. Por exemplo, com a plataforma da Kimbino, você pode ver aqueles panfletos de promoções de supermercados e lojas, como o folheto casas Bahia 2019 direto no seu computador ou celular.

Até relatórios médicos podem ser vistos da mesma forma. Quem tem um exame no Dr. Consulta, por exemplo, passa todo o processo sem tocar em um papel basicamente.

Apoiar essas iniciativas e cortar todo o papel possível em casa ajudam e muito a nossa biodiversidade. E você pode ainda aproveitar as ofertas das lojas cem produtos online

A hand holding a flower

Description automatically generated

Pense no produtor próximo

O Brasil é um país de imensas fazendas e enormes produções de todo tipo de fruta, verdura e legume. Isso é bom para a economia, claro, mas muitas vezes pode ser ruim para o meio-ambiente. O uso de agrotóxicos é um fator negativo, por exemplo.

Mas produtores menores não costumam usar esses químicos e sua agricultura é mais benéfica ao seu entorno. Além disso, você poderá movimentar a economia e apoiar algo que faz sentido e que sobrevive com dificuldades. Visite feiras, pequenas vendas e apoie o pequeno produtor. 

A alimentação é sua amiga

A produção de carne exige grandes quantidades de recursos, como água. Mas acabar com o consumo pode ser muito difícil, já que faz parte de nossa cultura. Porém uma redução não faz tanto mal e pode ajudar na saúde ainda

O consumo em excesso de carne pode ser prejudicial para quem tem problemas de circulação. Por isso uma reeducação com outros tipos de proteína – peixes talvez? – pode ser muito indicada. Assim como o consumo de verduras e legumes: é impressionante como cada uma delas traz um benefício para sua nutrição.

Não precisa fazer o sacrifício máximo de abrir mão daquela carninha. Mas abrir um pouco a mão pode ajudar sua saúde e o meio-ambiente.

Daiane Santana

Daiane Santana é a idealizadora do #VivoVerde, mora em Palmas/TO há 15 anos e há 11 escreve neste site. Formada em Engenharia Ambiental, pela UFT – Universidade Federal do Tocantins, pós-graduanda em Gestão de Recursos Hídricos e Segurança do Trabalho. Atua como consultora nas áreas de meio ambiente, segurança do trabalho e está a disposição do mercado de trabalho. Contato: contato@vivoverde.com.br | daiane@vivoverde.com.br | Twitter - @DaianeVV | Instagram: @DaianeVV

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.