I Semana de Conscientização e Proteção dos Direitos dos Animais segue até sexta-feira, 09

As palestras acontecem de forma virtual através do canal da Semarh no Youtube.

Com o objetivo estimular uma reflexão acerca dos direitos dos animais, está sendo realizada até a próxima sexta-feira, 09, a I Semana de Conscientização e Proteção dos Direitos dos Animais. As palestras, que acontecem de forma virtual, são uma iniciativa do Comitê Estadual de Proteção e Defesa dos Animais (Pró-Animais).

O secretário do Meio Ambiente e Recursos Hídricos e coordenador do Comitê Pró-Animais, Renato Jayme, destacou a importância do envolvimento de todos os poderes. “Com a colaboração das instituições públicas estaduais, municipais ou organizações não governamentais, vamos conseguir desenvolver ações principalmente na elaboração de políticas públicas e regulamentações necessárias para nossa sociedade do Tocantins que tenham como finalidade resguardar o direito dos animais”, pontuou.  

A atuação do Centro de Fauna do Tocantins (CEFAU) foi tema de uma das palestras realizadas no primeiro dia de encontro, cujo eixo principal foram os animais silvestres. O assunto foi amplamente discutido e os participantes tiveram a oportunidade de conhecer um pouco mais sobre o trabalho de acolhimento dos animais que é desenvolvido pelo CEFAU. “Enfrentamos aqui no estado problemas como estiagem e queimadas que impactam os animais, pois quando eles não chegam queimados chegam órfãos porque perderam as mães. Muitos ainda são atropelados por que ficam desorientados e saem correndo, e esse trabalho de receber esses animais nessa situação é feito pelo CEFAU. O nosso objetivo é salvar, proteger e devolver esse animal à natureza sempre que possível”, destacou a médica veterinária do Instituto Natureza do Tocantins (Naturatins), Graciela Alves Pacheco.

Durante o segundo dia de palestras, o tema bem-estar animal, especialmente no que diz respeito aos animais de produção, conduziu o debate. O engenheiro agrônomo Antony Luenenberg destacou diversos formatos de produção animal que podem auxiliar na melhoria desse segmento. “Há muitas pessoas desinformadas a respeito do sistema de produção e acabam parando de consumir proteína do suíno ou bovino. O bem-estar animal está totalmente interligado com a produtividade e muitos clientes que já aprimoraram as técnicas de produção têm percebido o aumento na lucratividade”, frisou.

A programação segue nesta quinta-feira, 08, a partir das 19h com palestras ancoradas no tema animais domésticos e domesticados, e nesta sexta-feira, 09, a partir das 18h30, com o tema animais de esportes. Os interessados podem acompanhar as palestras através do canal da Semarh no YouTube.

Comitê Pró-Animais

O Comitê Pró-Animais promove, estimula, fortalece e avalia a implementação das Políticas Públicas Estaduais em defesa dos direitos dos animais em todo o Estado do Tocantins, através de debates para a discussão e tomada de decisões sobre o tema. A composição dos membros e respectivos suplentes do Comitê Pró-Animais é feita por indicações dos órgãos, entidades públicas e privadas a que representam, e designados por ato do Secretário de Estado do Meio Ambiente e Recursos Hídricos para mandato de dois anos, permitida uma recondução. Para o cumprimento de suas atribuições, o Comitê conta com o apoio de órgãos e entidades públicos ou privados, da sociedade civil organizada, assim como especialistas e técnicos.

Por Robson Corrêa/Governo do Tocantins 

Daiane Santana

Daiane Santana é a idealizadora do Portal VivoVerde, nascida e residente de Minaçu/GO e há 12 anos escreve neste site. Formada em Engenharia Ambiental, pela UFT – Universidade Federal do Tocantins, pós-graduada em Gestão de Recursos Hídricos e Segurança do Trabalho. Atua como consultor, ministra treinamentos nas áreas de meio ambiente, segurança do trabalho e está a disposição do mercado de trabalho. Contato: contato@vivoverde.com.br | daiane@vivoverde.com.br | Twitter - @VivoVerde | Instagram: @DaianeVV | 063999990294

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.