Naturatins apoia projeto para formação e capacitação de Agentes Ambientais do Jalapão

Em agosto, teve início o curso de formação de agentes de sensibilização ambiental – ASAS do Jalapão. O curso aconteceu no município de São Felix do Tocantins e conta com a participação dos professores da rede municipal e estadual de ensino, que participarão durante três dias de palestras, oficinas entre outras atividades na Escola Estadual Sagrado Coração de Jesus.

As palestras estão sendo ministradas por técnicos do Naturatins – Instituto Natureza do Tocantins, Semades – Secretaria de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável, JICA – Agência de Cooperação Internacional do Japão, ICMBio – Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade, JBB – Jardim Botânico de Brasília e CEULP/Ulbra – Centro Universitário Luterano de Palmas, que buscam na troca e na reciclagem de ideias e metodologias uma forma de aprimorar o ensino e a conscientização local para a conservação dos recursos naturais da região.

No primeiro dia de curso os professores receberam um kit com livretos, panfletos, material didático e um baralho do cerrado para conhecerem novas formas de educação ambiental. Esse material será utilizado durante o período do curso de forma didática para que os professores aprendam como utilizar com seus alunos e assim reapliquem o que será mostrado no curso de forma lúdica para aguçar o interesse pelo saber.

O curso mostra através de brincadeiras lúdicas e sensoriais como mostrar aos alunos em sala de aula ou aula de campo as várias riquezas que o cerrado possui e quais as formas que esse rico ecossistema pode ser explorado. Um dos pontos mais destacados é o uso dos recursos naturais pelo turismo e na cultura agropecuária local.

A educadora ambiental do Jardim Botânico de Brasília, Fabíola Lima, ressaltou a importância deste curso para a interação e conhecimento, preservação e conservação do meio em que a comunidade está inserida. “ E necessário que elas sejam sensibilizadas a cuidar do seu hábitat e interajam de forma sustentável com o meio ambiente, e os resultados esperados são a multiplicação do saber e realização de práticas ambientalmente sustentáveis voltadas para o bem estar comum e também a continuidade de trabalhos como esse em outras comunidades”, disse.

O curso conta também com a participação dos alunos do ensino médio escolar, oportunidade para que eles interajam com os professores participantes e assim recebam as informações necessárias para tornarem-se multiplicadores do saber ecológico.

Fonte: Ascom Naturatins

Fabio Souza

Sabe aquele tipo de pessoa, cheia de perfeccionismo e super sincera? Aquelas que têm sempre que encontrar um defeito ou uma falha em tudo?! Pois é, ele é desse jeito. E foi esse sei jeito de fazer comentários intensos, maliciosos e muito temperados, que o fez ganhar a fama de “Homem Pimenta”. Mas devo confessar que, por trás das pitadas ardentes, ele tem sempre uma pontinha de razão. Consagrado palmense que integra o seleto grupo da ascom do Naturatins, Fábio Souza está entre os jornalistas mais styles da capital, senão do Tocantins. Atendo ao mundo e as novas tecnologias, ele adora a agitação das grandes cidades. Não que Fábio seja avesso à tranqüilidade dos pequenos centros, mas é que ele gosta mesmo é de badalação. Ele assina matérias para a Net, tem uma mãe “mestre cuca”, quase famosa, e por ter uma mãe assim, ele vive entre os negócios ligados à gastronomia e o jornalismo. Ele adorou conhecer o Jalapão, mas acredita que não suportaria ficar naquele lugar por mais de cinco dias seguidos. É que naquele lugar, a internet ainda não chegou, o que o deixaria desconectado do Twitter e de sua rede de contatos. Vale lembrar que ele também adora essa nova ferramenta virtual. Gosta tanto que é quase o “garoto propaganda” oficial do twitter em Palmas. Fábio Souza tem vários projetos de vida e se alguém perguntasse a ele hoje, qual o seu grande sonho, ele diria: Conhecer Nova York e outros tantos lugares mundo afora. Outros planos que não saem da sua cabeça são: Se tornar um empresário de $UCE$O “o que bancaria seus sonhos mais caros”, tudo isso é claro, sem ter que abrir mão do seu amor pelo jornalismo “sua profissão de paixão”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.