O 'golden shower' das vacas

topourinadevaca

Não se assuste com o título desta matéria, não há nada pornográfico (rs) e sim resultados de estudos sérios e que podem até te surpreender. No caso, estou falando da urina das vaquinhas, elas parecem tão sem interesse, mas o que se sabe até então não é bem assim. A urina da vaca é composta por diversas substâncias que, reunidas, melhoram a saúde das plantas e, como sabido, plantas saudáveis são mais resistentes às pragas e doenças.

De acordo com estudos desenvolvidos até o momento as principais substâncias encontradas na urina da vaca e os seus efeitos sobre as plantas são:

  • Potássio:  aumenta o aproveitamento de água;
  • Nitrogênio: aumenta o desenvolvimento das plantas, tornando-as mais verdes;
  • Boro: aumenta a retenção de água pela planta e aumenta o aproveitamento de nitrogênio , dificultando a incidência de algumas doenças;
  • Sódio: aumenta o teor de caroteno, tornando os produtos mais atrativos para o comércio;
  • Enxofre: aumenta a produção de proteínas,  tornando os produtos mais nutritivos;
  • Fenóis: aumenta a reação daas plantas ao ataque de doenças,;
  • Ácido indolacético: é um hormônio de crescimento que já existe nas plantas, de acordo com a sua concentração ele pode aumentar a velocidade do crescimento das plantas e favorece a criação de raízes.

A urina da vaca deve ser recolhida na hora da ordenha (retirada de leite) pois geralmente a vaca urina, colocar em recipiente de plástico com tampa( evita perda de nitrogênio, podendo ficar até 1 ano sim perder sua ação), e permanecer 3 dias, para formar amônia (facilita na penetração do produto).

Tem como vantagens: não ser tóxico, praticamente não tem custos, aproveita produto que que normalmente seria “jogado” fora, substitui adubo químico, aumenta a produção, melhora a qualidade e padrão dos frutos, o efeito é rápido, pode ser utilizado em quase TODAS  as culturas e ainda existe em abundância (em algumas regiões, claro) RS

E como preparar e aplicar?

Mistura-se a urina de vaca com água na proporção correta para cada cultura (abaixo). Pode-se aplicar diretamente no solo ou por pulverização (fruteiras, para desenvolvimento das raízes) sobre as plantas.

Mas eu disse em proporção, certo? E agora eu explico quais são estas proporções para cada tipo de produtos rurais, claro que de algumas, as mais conhecidas e indicadas nos testes de campo:

Quiabo, jiló e berinjela: 1 litro de urina em 100 litros de água; 15/15dias

Tomate, pimentão, pepino, feijão-de-vagem; alface e couve: ½ litro de urina de vaca em 100 litros de água; 1/semana

Os estudos ainda estão em andamento para as fruteiras, mas em pequenas áreas, podem ser seguidas as orientações a seguir.

Coco, acerola, limão, laranja, tangerina, banana, pinha, jabuticaba, goiaba e graviola: 1° aplicação no solo com ½ litro de mistura de 5 litros de urina diluídos em 100 litros de água para plantas pequenas. Em médias, 1 litro da mesma mistura. Na 2° aplicação, pulverize as folhas das plantas pequenas com mistura de 5 litros de urina diluídos em 100 litros de água, 30 dias após a segunda aplicação asa folhas devem ser pulverizadas com a mistura de um litro de urina diluídas em 100 litros de água.

Plantas ornamentais: diluir 5 ml de urina de vaca em um litro de água e aplicar em 50 a 100ml da mistura do solo de acordo com o tamanho da planta. De 30 em 30 dias.

Fonte: Naturatins (O símbolo da Terra)/ Dica: @Paty_Cottica

PS: Eu vou postando estas dicas agora com mais frequência.

Daiane Santana

Daiane Santana é a idealizadora do #VivoVerde, mora em Palmas/TO há 15 anos e há 11 escreve neste site. Formada em Engenharia Ambiental, pela UFT – Universidade Federal do Tocantins, pós-graduanda em Gestão de Recursos Hídricos e Segurança do Trabalho. Atua como consultora nas áreas de meio ambiente, segurança do trabalho e está a disposição do mercado de trabalho. Contato: contato@vivoverde.com.br | daiane@vivoverde.com.br | Twitter - @DaianeVV | Instagram: @DaianeVV

5 comentários em “O 'golden shower' das vacas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.