O mar vai virar lixão, doi no coração

Bom, estava eu em uma loja de conveniências ontem anoite e ví a capa da Revista Superinteressante que fala dos lixos em alto mar, agora pouco meu amigo Michel Almeida já me manda um link do Blog Sedentário & Hiperativo e que retrata a mesma coisa e intitulado ao post “Um continente de plástico”.

Tudo isto me fez refletir e ter algumas indagações, desde já digo que é imprescindível a leitura deste artigo do Blog do S&H, ele trás esta abordagem de uma forma bem tranquila de ler.

Mas o que fez indagar, foi uma frase em seu texto…

abordagem mais prática seria aplicar regulações mais estritas sobre o que se pode jogar ao mar ou não

Eu creio que a problemática não seria o que jogar ou não no mar, afinal de contas o mar é apenas o destino final destes resídios, a questão é NÃO JOGAR LIXOS NAS RUAS, NAS CALÇADAS, PRÓXIMO A BUEIROS, NA FLORESTA e em diversos lugares onde iniciará um ciclo, e que neste ciclo o mar seja o grande desfavorecido da história.

É muito ENGRAÇADO escutar amigos falando assim, “há, estou jogando lixo no chão para te dar emprego” … lembrando que sou engenheira ambiental, mas este gesto pode acarretar um ciclo que nem eu mesma tinha idéia. A foto abaixo mostra bem esta REALIDADE. Esta tartaruga supostamente ficou presa em um anel de plástico qndo filhote e ao crescer deu ISTO, é lamentável.

Imagem: S&H

Fica aqui meu protesto e indignação de perceber que realmente nossos “pequenos gestos” teem sim uma consequência!

Abraços a todos
Sugestões:daianeea@gmail.com

Daiane Santana

Daiane Santana é a idealizadora do #VivoVerde, mora em Palmas/TO há 15 anos e há 11 escreve neste site. Formada em Engenharia Ambiental, pela UFT – Universidade Federal do Tocantins, pós-graduanda em Gestão de Recursos Hídricos e Segurança do Trabalho. Atua como consultora nas áreas de meio ambiente, segurança do trabalho e está a disposição do mercado de trabalho. Contato: contato@vivoverde.com.br | daiane@vivoverde.com.br | Twitter - @DaianeVV | Instagram: @DaianeVV

30 comentários em “O mar vai virar lixão, doi no coração

  • 19 de dezembro de 2008 em 15:25
    Permalink

    Essa imagem da tartaruga é realmente chocante :/

  • 19 de dezembro de 2008 em 15:48
    Permalink

    Mais do que nunca estamos em um processo continuo de mutação para um grande lixão. A condição do desperdício e desrespeito do homem para com sua casa, planeta terra, vem causando impactos inacumuláveis, sem contar as perdas de diversidades ambientais. Enquanto o nós homens não nos respeitarmos e nem ao próximo, cuidando de nossas casas, quando digo casa enquadro aspectos micros e macros, nosso corpo, residências, cidade, pais e planeta onde estamos. Jamais podemos visualizar verdadeiramente nossos potenciais e riquezas.

    Syoux

  • 19 de dezembro de 2008 em 16:29
    Permalink

    Há marcelo .. é isto mesmo que eu quero causar … CHOQUE … PARA A GALERA PERCEBER … QUE O QUE NÓS FAZEMOS AQUI .. pode refletir em algum lugar e isto é INEVITÁVEL …

    silvana minha querida … obrigada pelo coments … comentário de profissional 😀 bjão gatona hehe

  • 19 de dezembro de 2008 em 16:38
    Permalink

    Morroverde.

  • 19 de dezembro de 2008 em 16:52
    Permalink

    Isso é uma tremenda falta de absolutamente!!*rs!
    Falando sério agora,estas catástrofes naturais q nós vemos todos os dias na TV, não são nada mais do q frutos da tremenda irresponsabilidade do ser humano,q em busca de enriquecimento,passa por cima de todas as leis e de tudo,onde acaba tratando os recursos naturais como se fossem seus, a exemplo desta matéria!!!É um absurdo!!

  • 19 de dezembro de 2008 em 16:55
    Permalink

    Ha Wagner ^^

    Falou BONITO!!

    eu também creio nisto … he´´´

    é uma falta de absolutamente MESMO

    rs

  • 19 de dezembro de 2008 em 17:13
    Permalink

    É horrível ver que o mundo não está “praticamente” nem aí em cuidar do mundo.
    É muito triste mesmo.
    :/

  • 19 de dezembro de 2008 em 22:10
    Permalink

    Meu deus! Eu nunca ví nada igual!
    A figura da tartaruga me fez refletir muito sabe… eu me dou muito bem com o meio-ambiente, e quando vou á praia (sempre em excursão) não hesito de falar em público no ônibus para levarem sacolinha plástica. E sempre levamos… O problema é que todos devemos estar unidos na hora de proteger a praia; do que adianta alguns levarem sacos plásticos para seus lixos protegendo o mar e a natureza, se outras pessoas jogam lixo na praia fazendo com que os animais sofram como essa inofensiva tartaruga…? realmente fiquei muito chocado ao ver essa foto, viu?

  • 20 de dezembro de 2008 em 9:44
    Permalink

    uahuhauhauahuahauhau… se eu morasse ai quem sabe!rs

    olha naum esquece de premiar seus 15 blogs heim!

    bjus

  • 20 de dezembro de 2008 em 13:19
    Permalink

    Oiiii
    Tem selinho para você no meu blog.
    Super beijo.

  • 20 de dezembro de 2008 em 14:56
    Permalink

    parece mto montagem a imagem
    mas foda-se (se me permitem a expressão aqui)

    mesmo que não seja verdade, precisa chegar a isso pra que a gnt faça alguma coisa? ou pelomenos deixe de fazer coisas como jogar lixo no chão, já que isso não é nada dificil.

    adorei o blog

  • 20 de dezembro de 2008 em 20:40
    Permalink

    Fiquei chocado com a imagem da tartaruga… é uma realidade infeliz que faz parte dos mares. Eu tenho um presente (?), isto é um selo no meu blog, tá no post mais recente. Seu blog é excelente! Abraços, Antonio – From My Dirty Glasses.

  • 20 de dezembro de 2008 em 23:05
    Permalink

    Há pessoal … muito obrigada pelos selos .. fico muito feliz pelo reconhecimento

    :*

  • 22 de dezembro de 2008 em 0:12
    Permalink

    otimo texto , e infelizmente é uma realidade que está longe de melhorar? pois é já ouvir diversas vezes ‘você é louca guardar lixo até encontrar uma lixeira , tem pessoas que trabalham para limpeza’
    não podemos depender dessas pessoas .Sou vegetariana para poupar sim os animais tenho atitudes diferentes de pessoas ‘normais’ e acho q faço minha parte.

  • 22 de dezembro de 2008 em 5:41
    Permalink

    Aqui na África temos inúmeros lixões de luxo, isto é, praticamente todos os países pagam para trazer para cá o lixo do mundo!

    Óleo, residos tóxicos, nucleares…

    E muita gente aqui viver de mexer neste lixo…

    Assim que achar vou mandar fotos disto que tenho… mas esta foto da tartaruga é F!

  • 22 de dezembro de 2008 em 6:22
    Permalink

    é o segundo, claro que acredito que seja verdade! mas não escreeria aquilo aqui! ha!

    abraços
    producaogt@gmail.com

  • 23 de dezembro de 2008 em 15:24
    Permalink

    Dái…

    Feliz navidad
    Feliz navidad
    Feliz navidad
    Prospero ano y felicidad

    I wanna wish you a Merry Christmas
    I wanna wish you a Merry Christmas
    I wanna wish you a Merry Christmas
    From the bottom of my heart

    FELIZ NATAL E ANO NOVO MASSA!!!

  • 29 de dezembro de 2008 em 0:33
    Permalink

    É realmente muito grave esta situação do nosso planeta! Temos certamente que buscar alternativas para reutilizar a garrafa PET, grande responsável por esta degradação. Na escola onde dou aulas estamos desenvolvendo um projeto de reciclagem de PET para confecção de Plástico de Engenharia. Tenho também colhido informações sobre outras formas desta reutilização. Me identifiquei muito com suas publicações. Parabéns!

  • 26 de outubro de 2009 em 15:14
    Permalink

    quem garante q todo aquele lixo, q ue veio da Inglaterra, aqui para o Brasil , e foi (devolvido) ,não foi todo jogado em alto mar?????

  • Pingback:André Perazzo

  • Pingback:Eng. Daiane Santana

  • Pingback:Gabriela Rolim

  • Pingback:RAQUELALMEIDA

  • Pingback:Informação Ambiental

  • Pingback:Mariane Magossi

  • Pingback:Kainã Cabrera

  • Pingback:né né né neverland

  • Pingback:Vivi Gomes

  • 3 de agosto de 2010 em 16:07
    Permalink

    estou fazedo um trabalho sobre isso, e quero o mesmo objetivo que voce, chocar as pessoas com os atos que o ser humano faz CONTRA o meio ambiente

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.