RPPN Estação Veracel recebe homenagem do Ministério do Meio Ambiente


Presidente da Veracel, Andreas Birmoser e o ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles.
Foto: Divulgação

Em evento realizado hoje, 27 de fevereiro, no Parque Nacional do Pau Brasil – PNPB, uma das mais importantes áreas protegidas da Mata Atlântica no Sul da Bahia, o presidente da Veracel, Andreas Birmoser, recebeu das mãos do ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, o reconhecimento pela parceria com o PNPB em prol de ações para preservação da biodiversidade. A homenagem foi entregue durante a cerimônia de lançamento da pedra inaugural das obras para ampliação das estruturas de visitação do PNPB (concessão privada para processo de visitação). Para Birmoser, esse reconhecimento reflete “a importância cada vez maior de iniciativas conjuntas para promover a conservação, o ecoturismo e educação ambiental”. 

Em evento realizado hoje, 27 de fevereiro, no Parque Nacional do Pau Brasil – PNPB, uma das mais importantes áreas protegidas da Mata Atlântica no Sul da Bahia, o presidente da Veracel, Andreas Birmoser, recebeu das mãos do ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, o reconhecimento pela parceria com o PNPB em prol de ações para preservação da biodiversidade. A homenagem foi entregue durante a cerimônia de lançamento da pedra inaugural das obras para ampliação das estruturas de visitação do PNPB (concessão privada para processo de visitação). Para Birmoser, esse reconhecimento reflete “a importância cada vez maior de iniciativas conjuntas para promover a conservação, o ecoturismo e educação ambiental”. 

A homenagem acontece uma semana depois da elaboração da Carta de Atibaia, documento que prevê a criação de uma rede de pesquisa e conservação da Mata Atlântica, cujo objetivo é dar visibilidade para esse bioma considerado hot spot mundial pela grandeza de sua biodiversidade e endemismo elevado. A proposta entregue a Salles, por pesquisadores do ICMBio, demonstra a necessidade de compreender os processo de transformação do território e, através deste, propor estratégias de conservação mais eficientes e factíveis, adequadas a realidade e necessárias a salvaguardar este imenso patrimônio socioambiental.  

A Reserva Particular do Patrimônio Natural (RPPN) Estação Veracel é reconhecida como patrimônio da humanidade pela UNESCO. São mais de 6 mil hectares que se estendem pelos municípios de Porto Seguro e Santa Cruz Cabrália. O local abriga importantes pesquisas sobre o bioma Mata Atlântica e desenvolve um programa de educação ambiental que atinge comunidades rurais e indígenas vizinhas. 

, o reconhecimento pela parceria com o PNPB em prol de ações para preservação da biodiversidade. A homenagem foi entregue durante a cerimônia de lançamento da pedra inaugural das obras para ampliação das estruturas de visitação do PNPB (concessão privada para processo de visitação). Para Birmoser, esse reconhecimento reflete “a importância cada vez maior de iniciativas conjuntas para promover a conservação, o ecoturismo e educação ambiental”. 

A homenagem acontece uma semana depois da elaboração da Carta de Atibaia, documento que prevê a criação de uma rede de pesquisa e conservação da Mata Atlântica, cujo objetivo é dar visibilidade para esse bioma considerado hot spot mundial pela grandeza de sua biodiversidade e endemismo elevado. A proposta entregue a Salles, por pesquisadores do ICMBio, demonstra a necessidade de compreender os processo de transformação do território e, através deste, propor estratégias de conservação mais eficientes e factíveis, adequadas a realidade e necessárias a salvaguardar este imenso patrimônio socioambiental.  

A Reserva Particular do Patrimônio Natural (RPPN) Estação Veracel é reconhecida como patrimônio da humanidade pela UNESCO. São mais de 6 mil hectares que se estendem pelos municípios de Porto Seguro e Santa Cruz Cabrália. O local abriga importantes pesquisas sobre o bioma Mata Atlântica e desenvolve um programa de educação ambiental que atinge comunidades rurais e indígenas vizinhas. 

Daiane Santana

Daiane Santana é a idealizadora do #VivoVerde, mora em Palmas/TO há 15 anos e há 11 escreve neste site. Formada em Engenharia Ambiental, pela UFT – Universidade Federal do Tocantins, pós-graduanda em Gestão de Recursos Hídricos e Segurança do Trabalho. Atua como consultora nas áreas de meio ambiente, segurança do trabalho e está a disposição do mercado de trabalho. Contato: contato@vivoverde.com.br | daiane@vivoverde.com.br | Twitter - @DaianeVV | Instagram: @DaianeVV

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.