Alunos da FAETEC arrecadam fundos para concorrer a prêmio internacional com projeto inovador

Após o sucesso na venda de absorventes ecológicos, a Bioflux representará o Brasil na disputa pelo ‘Company of the Year’, na República Dominicana   

Foto: Divulgação

Buscando minimizar a poluição causada por descartáveis no meio ambiente, estudantes de administração da Escola Técnica Estadual Adolpho Bloch criaram a empresa Bioflux e seu primeiro produto foi um absorvente reutilizável feito de pano, chamado de Absoft. O projeto surgiu durante o programa Miniempresa, desenvolvido pela ONG Junior Achievement em parceria com o colégio e foi selecionada como uma das ideias mais inovadoras do programa. Os jovens estão promovendo uma campanha de crowdfunding para custear a participação de quatro representantes da Miniempresa e o professor mentor no Company of the Year (COY), que acontecerá em Punta Cana, na República Dominicana. O COY elege as melhores miniempresas estudantis das Américas para uma competição a nível internacional. Outras duas miniempresas brasileiras, de Minas Gerais e do Rio Grande do Sul, também representarão o Brasil no COY. A meta da Bioflux é arrecadar pouco mais de 13 mil e quinhentos reais até o dia 22 de novembro. O link da campanha é https://www.vakinha.com.br/vaquinha/bioflux-no-coy 

Vinte e três escolas no Rio de Janeiro participaram do programa da ONG Junior Achievement, que ao final, proporcionou prêmios para as melhores empresas estudantis do estado. A Bioflux foi premiada pelo destaque em suas estratégias de marketing e recebeu medalhas de segundo lugar para os prêmios de gestão de pessoas e equipe empreendedora. Em aproximadamente dois meses, a Miniempresa vendeu 235 absorventes dentro e fora do Brasil, alcançando 114% de lucratividade. 

“Participar do COY representando a BioFlux significa que nós conseguimos impactar as pessoas, mais especificamente as mulheres, além de mudar a forma como elas enxergam a menstruação, provar que pessoas e projetos como o nosso, visando a sustentabilidade, estão contribuindo para uma mudança relevante no mundo”.

Comentou Milena Cavalvanti, Diretora da Bioflux.
36° Feira de Miniempresas Junior Achievement Rio de Janeiro. FOTO: RENATA DUPRET/DIVULAÇÃO

Sobre a Junior Achievement e o programa Miniempresa:

A Junior Achievement é a maior e mais antiga organização de educação prática em negócios, economia e empreendedorismo jovem do mundo. Fundada em 1919, nos EUA, tem como objetivo despertar o espírito empreendedor nos jovens em idade escolar. Está presente em 120 países e em todos os estados do Brasil. Com apoio de uma rede de voluntários, a sede carioca já impactou mais de 300 mil estudantes nos últimos anos.

O Miniempresa é o programa carro-chefe da organização que propõe aos alunos do ensino médio o desenvolvimento de um produto inovador para iniciar uma empresa estudantil. O objetivo é fazer com que os estudantes aprendam a gerir um negócio através do método ‘aprender-fazendo’ dentro de dezessete semanas. Durante todo o processo os miniempresários assumem cargos de lideranças, estudam o mercado consumidor e vendem seus produtos. O programa trabalha habilidades empreendedoras, e valores como ética, responsabilidade social, trabalho em equipe, e muito mais.

Daiane Santana

Daiane Santana é a idealizadora do #VivoVerde, mora em Palmas/TO há 15 anos e há 11 escreve neste site. Formada em Engenharia Ambiental, pela UFT – Universidade Federal do Tocantins, pós-graduanda em Gestão de Recursos Hídricos e Segurança do Trabalho. Atua como consultora nas áreas de meio ambiente, segurança do trabalho e está a disposição do mercado de trabalho. Contato: contato@vivoverde.com.br | daiane@vivoverde.com.br | Twitter - @DaianeVV | Instagram: @DaianeVV

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.