Dar brinquedo, ou brincar com o futuro das crianças? O que estamos fazendo?

Nesta véspera de natal, os pais ficam eufóricos para comprar um presente que faça os baixinhos felizes, e eles ficam a espera. Essas crianças que foram sonhadas, projetadas estão num mundo em que não sabemos qual será o seu futuro, se passaram sede ou fome. Estamos em um mundo que a cada minuto sessenta e seis casas novas surgem no planeta, mais não sabemos aonde essas crianças vão morar quando tiverem na nossa idade, porque a população cresce, mais o planeta não, quando os terrenos favoráveis se esgotam, onde se constrói? Em lugares gelados, encharcados, altos e trêmulos.

Prédios revolucionários que desafiam o lado mais impiedoso da natureza, não da pra domar a natureza, só podemos projetar contra ela. Se uma dessas crianças te perguntar aonde vai morar daqui a 10 anos, você teria resposta? E se ela te perguntar da onde veio a água? Talvez você responda que nos somos água que o planeta é na sua maioria, água, porem três milhões de pessoas por ano morrem de sede ou morrem por beber águas insalubres.

Só uma de cada três pessoas no mundo tem acesso a água potável, 97,5% da água disponível no planeta é salgada, 2,5% da água restante é doce e esta em processo de perda. Mais seu filho ou sua filha ouviu a professora falar na escola sobre um tal de efeito estufa e chega em casa te questionando e você vai tentar explicar que uma estufa é um recinto fechado com paredes e teto de vidro ou um outro material translúcido.

Fonte: Flickr/Selenis

O vidro deixa passar a luz do sol que aquece a terra quando chega ao chão, parte do calor armazenado pela terra é devolvido à atmosfera sob a forma de raios infra- vermelhos, mas o vidro não deixa passar os raios infra-vermelhos, a energia térmica fica retida no interior da estufa que se aquece, esse fenômeno se chama efeito estufa. Mais será que uma criança é capaz de entender que a camada de ozônio está situada entre aproximadamente 25 e 35 quilômetros de altitude na atmosfera da Terra.

A camada de ozônio tem uma consistência extremamente fina, mas o ozônio que se espalha aqui absorve todos os comprimentos de onda curtos dos raios ultra violetas que prejudicam o DNA e as proteínas dos seres vivos na Terra. A camada de ozônio protege a vida. Acredito que é muito pra elas não é. E vai ser muito mais a cada dia que passar quando elas descobrirem que estão em um mundo que esta totalmente poluído e são essas crianças que vão daqui uns dias dizer aos pais que é necessário mudar, quando tiver que desenhar o planeta para um trabalho da escola.Qualquer brinquedo vai trazer a alegria as crianças, mais somente você pode trazer um futuro melhor para elas. Pense nisso!

Fernanda Alves

Técnica Ambiental

4 comentários em “Dar brinquedo, ou brincar com o futuro das crianças? O que estamos fazendo?

  • Pingback:Tweets that mention vivoverde » Dar brinquedo, ou brincar com o futuro das crianças? O que estamos fazendo? -- Topsy.com

  • 12 de novembro de 2010 em 15:05
    Permalink

    Fer….Parabéns por esse artigo,se todas as pessoas do mundo pensassem e agissem como vc…tenho certeza q teriamos um mundo bem melhor!!!

  • 12 de novembro de 2010 em 17:41
    Permalink

    Olá! Creio que um tema essencial para a questão da sustentabilidade nas cidades é o do crescimento populacional.

    Na semana passada, o IBGE anunciou o resultado do Censo 2010. A taxa de crescimento das cidades brasileiras foi, em média, 9,37%. Chamou a atenção que a maioria das capitais cresceu abaixo da média.

    Nós abrimos uma tópico de discussão na Rede Global de Cidades Inovadoras para comentar como as pessoas estão percebendo pessoalmente esse crescimento populacional.

    Confira os comentários e opine vc tb aqui: http://migre.me/20kFM

  • 16 de novembro de 2010 em 8:24
    Permalink

    Fer,
    Mais uma vez,
    PARABÉNS !!!
    Vc me mostra e mostra tb a outros leitores o quanto é importante cuidar do meio ambiente.
    Eu por ex: não me dava conta que o mundo só tem 2,5% de agua potavel, e fiquei com medo.
    Pois é muito pouco, e o pouco que temos estamos destruindo.
    O presente que quero dar a meus filhos daqui a 10 anos é o mesmo que quero dar ao seu, e a todos os futuros moradores deste mundo.
    No minimo um mundo igual ao que vivemos hoje, e se DEUS, eu, voce, e todas as pessoas que já moram neste mundo quiserem, PODEMOS dar a eles um mundo muito melhor do que é hoje.
    Fer, que seu trabalho continue tendo esse impacto que tem tido comigo em outras pessoas, e que ele cresça muito a ponto de impactar o mundo.
    E pode contar comigo nessa empreitada, viu !!!
    Bjus.
    Que DEUS te abençoe.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.