O livreto (proibido) pela MONSANTO? #FAIL

Recebi esta notícia pelo e-mail do Grupo Radar-Verde e trata-se de uma cartilha produzida pelo Ministério da Agricultura sobre agroecologia e teve sua distribuição impedida.

A cartilha “O Olho do Consumidor”, que conta com ilustrações de Ziraldo, foi lançada para divulgar a criação do “Selo do SISORG” (Sistema Brasileiro de Avaliação de Conformidade Orgânica) que pretende padronizar, identificar e valorizar produtos orgânicos, orientando o consumidor.

transgenicos

O livreto, que teve tiragem de 620 mil cópias, foi objeto de uma liminar de mandado de segurança, fruto de ação movida pela transnacional Monsanto, que impediu sua distribuição.  A proibição se deu por conta do item 5 da página 7, onde se lê:

“O agricultor orgânico não cultiva transgênicos porque não quer colocar em risco a diversidade de variedades que existem na natureza. Transgênicos são plantas e animais onde o homem coloca genes tomados de outras espécies”.

Em autêntica desobediência civil e resistência pacífica à medida de força, cabe a nós,  DISTRIBUIR ELETRÔNICAMENTE A CARTILHA. Se você concorda com esta idéia, continue a distribuição para seus amigos e conhecidos.

Veja a carilha:

Cartilha Ziraldo

View more documents from Daiane Santana.

Percebam que editei esta matéria, que postei na hora do almoço. Mas a história é a seguinte, recebi um tweet há pouco que dizia:

@oatila @VivoVerde texto do @Gabriel_RNAm, que foi atrás da monstanto e do ministério e viu que era mentira: https://migre.me/4pKC

____________

Essa cartilha sobre orgânicos é bastante conhecida, e o Ministério da Agricultura foi bastante inteligente ao convidar o ótimo Ziraldo para ilustrá-la. No material, é possível encontrar a definição de alimento orgânico, bem como orientações para que o consumidor possa identificar esses produtos no mercado.

A partir de 2010, todo produto orgânico brasileiro, exceto aqueles vendidos diretamente pelos agricultores familiares, levará o selo do Sisorg (Sistema Brasileiro de Avaliação da Conformidade Orgânica). Esse selo, que teve a marca escolhida pelo público, vai atestar que o produto está dentro de normas e foi avaliado por entidade credenciada do Ministério da Agricultura. O selo de referência já é utilizado nos Estados Unidos, no Japão e na Europa.

Quando vi a mensagem de que a Monsanto haveria entrado na Justiça contra o Ministério, fui buscar maiores informações, e as únicas fontes que tratavam do assunto eram blogs criticando a empresa, e disponibilizando a cartilha para download, seguindo as “diretrizes” do e-mail que citei acima. Prá piorar, o link que disponibilizaria a cartilha no site do MAPA realmente não continha mais o documento para download. Aparentemente, havia mesmo algo errado.

Como achei tudo isso muito estranho (um caso desses certamente teria algum tipo de repercussão nos grandes veículos de notícias), fui atrás da melhor fonte possível, na minha opinião: a própria Monsanto.

Segue a posição oficial da empresa sobre o episódio descrito no e-mail, que me foi dada por sua assessoria de imprensa ontem, logo que entrei em contato com eles:

“A Monsanto esclarece que não procedem os boatos de que a empresa teria entrado como uma ação judicial contra uma campanha educativa coordenada pelo MAPA (Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento) sobre os benefícios de alimentos livres de agrotóxicos.

A empresa desconhece a origem dessa informação e reafirma o respeito pela liberdade de opinião, expressão e escolha do mercado, instituições e empresas pela utilização de culturas convencionais, geneticamente modificadas ou orgânicas.

A Monsanto se orgulha de ser líder em biotecnologia agrícola e acredita profundamente nos benefícios das culturas geneticamente modificadas, que têm potencial para ajudar a aumentar a produção de alimentos, com menos recursos naturais e, ainda, melhorar a vida de agricultores em todo o mundo.

Abraços, Cláudia Santos

Mas peraí… a Monsanto é aquela empresa diabólica, que quer escravizar todos os agricultores, então é de se esperar que a Assessoria da empresa esteja mentindo prá mim, não é? É, acho que só se eu tivesse uma posição do próprio Ministério é que eu poderia acreditar nessa empresa do mal!

Opa, peraí… eu tenho.

Lição de casa feita, tirem suas próprias conclusões lendo a transcrição de meu contato com o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, feito hoje de manhã:

Prezado Sr(a) GABRIEL LOPES ARGELLO CUNHA,

A ordem de serviço de n° 112953, aberta em 30/7/2009, às 08:44, foi concluída pela equipe técnica em 30/7/2009 às 08:44.

Descrição da Solicitação:
OLÁ, GOSTARIA DE SABER COMO FAÇO PARA ADQUIRIR A CARTILHA “OLHO DO CONSUMIDOR”, LANÇADA PARA DIVULGAR O SELO DO SISORG. MUITO OBRIGADO, GABRIEL CUNHA

Resposta/ Parecer da BINAGRI:
PARA ESCLARECER A POPULAÇÃO SOBRE O ALIMENTO ORGÂNICO, O MINISTÉRIO DA AGRICULTURA, PECUÁRIA E ABASTECIMENTO/MAPA DISTRIBUIU UMA CARTILHA DO DESENHISTA ZIRALDO CHAMADA ‘O OLHO DO CONSUMIDOR’. NO MATERIAL HÁ O CONCEITO DE ALIMENTO ORGÂNICO E ORIENTAÇÕES PARA QUE O CONSUMIDOR POSSA IDENTIFICAR ESSES PRODUTOS NO MERCADO.

INFORMAMOS QUE O MAPA DISTRIBUIRÁ APENAS UM EXEMPLAR POR SOLICITAÇÃO E TERÁ DISPONIBILIDADE DE ENVIO A PARTIR DO DIA 03/08/2009.

CASO QUEIRA, PEDIMOS QUE PROCURE A SUPERINTENDÊNCIA FEDERAL DE AGRICULTURA DO SEU ESTADO PARA VERIFICAR A POSSIBILIDADE DE ATENDIMENTO.

INFORMAMOS QUE AINDA QUE, A PARTIR DO DIA 03/08/2009, A CARTILHA ESTARÁ DISPONÍVEL EM NOSSO SITE PARA DOWNLOAD.

Colocamo-nos à disposição para eventuais esclarecimentos através dos canais de contato de nossa Central de Relacionamento, conforme a seguir:

Telefone: 0800 704 1995
E-mail: binagri@agricultura.gov.br

Atenciosamente, Central de Relacionamento do Ministério da Agricultura Pecuária e Abastecimento

Dúvidas esclarecidas, só nos resta imaginar de onde saiu essa idéia da liminar… Será que foi uma ação coletiva de ONGs e ambientalistas que queriam promover mais a cartilha sobre orgânicos, e, como bônus, atacar um de seus alvos preferidos?

_____________

Pronto, agora fico muito triste em receber tal e-mail de um grupo onde tenho até boa adimiração pelas discussões que de lá saem, mas é assim mesmo. Vamo que Vamo!!!

PS: Muito obrigada @oatila pela bela indicação e também ao @Gabriel_RNAm pela autorização.

PS2: Achei que NUNCA  iria ter uma matéria com a tag #fail kkk

Daiane Santana

Daiane Santana é a idealizadora do #VivoVerde, mora em Palmas/TO há 15 anos e há 11 escreve neste site. Formada em Engenharia Ambiental, pela UFT – Universidade Federal do Tocantins, pós-graduanda em Gestão de Recursos Hídricos e Segurança do Trabalho. Atua como consultora nas áreas de meio ambiente, segurança do trabalho e está a disposição do mercado de trabalho. Contato: contato@vivoverde.com.br | daiane@vivoverde.com.br | Twitter - @DaianeVV | Instagram: @DaianeVV

22 comentários em “O livreto (proibido) pela MONSANTO? #FAIL

  • Pingback:Vanessa Cornélio

  • Pingback:Volare Comunicação

  • Pingback:Leticce

  • Pingback:Israel Comaru

  • Pingback:Eng. Daiane Santana

  • 30 de julho de 2009 em 16:23
    Permalink

    Perfeito, perfeito e perfeito.

    Ainda não tinha visto esse novo layout.

    VV já está nos meus favoritos!! 😀

    Parabéns!

  • 30 de julho de 2009 em 16:53
    Permalink

    hum.. agora entendo o q vc me explicou qdo cheguei na sala.. rsrsrs

    bju

  • 30 de julho de 2009 em 18:22
    Permalink

    Oi, Daiane
    Tomei conhecimento do artigo citado por você, e gostaria que soubesse que o email foi enviado por mim, o grupo não é responsável por isto. Desculpe o encaminhamento, mas, de qualquer forma, a não proibição a pedido da Monsato nao a isenta de seus atos em relação aos transgênicos.
    beijo, menina

  • 30 de julho de 2009 em 22:39
    Permalink

    Adorei o esclarecimento sobre a verdade atrás deste boato..
    Nunca fui muito fan da Monsanto.. não pelo fato dela lidar com biotecnologia agrícola.. mas sim pelo modo como ela o faz.. mas enfim..

    Parabéns

  • 31 de julho de 2009 em 0:05
    Permalink

    ooopa!

    Sempre de olho…

    nem tinha reparado q vc tbm escrevia pro suspensa..

    beijos!

  • Pingback:Mário Fialho

  • 31 de julho de 2009 em 9:49
    Permalink

    o fato de usar agrotoxico não é tao prejudicial assim e sim usar ele de forma irresponsável !

    é impossivel tratar uma grande plantação de forma organica e se fosse feito o preço iria aumentar bastante! tb nao sou a favor de usar litros de pesticida em uma planta mas para ter uma boa colheita abaixar o preço dos alimentos e todo mundo poder comer é necessario o uso de agrotoxico e se for usado sabiamente nao afeta tanto o meio ambiente e muito menos os consumidores !!!

    um abraço de um futuro agromo !!!

  • Pingback:Rafael Ferreira

  • 31 de julho de 2009 em 16:22
    Permalink

    a internet é um DEUS e os seus súditos são tapados e ignorante. Cabe olhar em volta e questionar; “será que tem vinda além do TC?

  • Pingback:Fabricio Vinhas

  • 31 de julho de 2009 em 23:33
    Permalink

    claro q não haveria repercussão nos grandes meios de comunicação, eles são controlados pela elite q beneficia empresas como a monsanto

  • 3 de agosto de 2009 em 9:58
    Permalink

    Muito bom!!!!
    JÁ ESTOU DISPONIBILIZANDO A CARTILHA NO MEU BLOG TB…

    BJOS

  • Pingback:Gustavo Fonseca

  • 6 de agosto de 2009 em 23:51
    Permalink

    Ola, sou estudante de engenharia agronômica (vulgo agronomia) e achei interessante oq vc fez pesquisou e viu q mt oq falam por ai das grandes empresas de melhoramento vegetal não é verdade, mas talvez vc nem precisa se ir tão longe pra chegar a conclusão q chego, a monsanto trabalha com melhoramento e não com agrotóxico, ta certo q ela trabalha com transgenia mas se o alimento for tratado de modo orgânico ele será um alimento orgânico, poderia ser verdade se alguma empresa produtora de defensivos agrícolas entrasse com um processo.

  • Pingback:Fábio A. E. Mello

  • Pingback:Links da Semana | Biosfera MS

  • 29 de abril de 2010 em 11:14
    Permalink

    ola sou estundade de gestao comecial e tecnico agricula ñ sou muito fam da mosato .poe tratar de trabalhos com semete modificada pois sua bio tecninologia muita das vez .traz muitos prejuizo apopulaçao em ,ñ so com melhoramento como agrotoxico em sir ,muita das vezes o agrotoxico ele e usado de morma irregular ,,,,,,,,,,,

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.