O lixo que não é lixo

Parece  que tudo que não nos serve mais é lixo, entretanto o que para nós é lixo para outros é fonte de renda ou mesmo sobrevivência. Se não gostamos mais de uma roupa… vira lixo? Os restos de alimentos… viram lixo? Os papeis que não nos servem mais… viram lixo?

Basta imaginar que centenas e centenas de catadores de lixo vivem e ganham seu pão do nosso lixo. Então há de se considerar que descartamos muitas das vezes algo que serve para reutilização ou reciclagem.

Se estivermos jogando alimentos no lixo, por certo estamos comprando em quantidades acima do que propriamente consumimos. Será que já não é hora de deixar o consumismo de lado e partimos para um consumo mais consciente?

Sabemos que não há como não produzir lixo, entretanto podemos reduzir o volume diário. Levando-se em consideração que cada pessoa produz o equivalente a 300 quilos anuais de lixo o cenário torna-se alarmante se somados aos 6.400 bilhões de habitantes no planeta.

Algumas medidas devem ser tomadas,independente de situação financeira ou status social de cada um. Temos que repensar nossos padrões de consumo e reduzir a produção de lixo.

A  redução do volume diário, a separação da produção há de ser realizada de forma a proporcionar a reutilização e reciclagem do lixo, uma vez que ao juntarmos os materiais recicláveis ou reutilizáveis com outros materiais não reaproveitáveis estamos impactando o meio ambiente e dificultando ou impossibilitando a reciclagem ou reutilização.

Devemos pensar duas vezes antes de descartar qualquer material de forma a separar  o reaproveitável do lixo propriamente dito.

Por Fernanda Alves

e-mail: fernandaalves@vivoverde.com.br

Twitter: @ferzinhaalves

Fernanda Alves

Técnica Ambiental

13 comentários em “O lixo que não é lixo

  • Pingback:Tweets that mention vivoverde » O lixo que não é lixo -- Topsy.com

  • 28 de outubro de 2010 em 18:52
    Permalink

    Fernanda……voce está coberta de razão…….por isso,eu insisto tt em conjugarmos os verbos REpensar….REcusar…..REduzir…..REencaminhar……REutilizar e só no final,pensar em REciclar !!!!!Parabéns pela postagem…..e gostaria de acrescentar que ,se formos mais educados,podíamos jogar fora no lixo os nossos resíduos mais limpos,pois facilitaríamos o trabalho dos maravilhosos Catadores……os grandes heróis !!!!!!bjcas

  • 28 de outubro de 2010 em 23:11
    Permalink

    Parabéns pela reportagem Nanda!
    A produção de lixo é inevitável. Precisamos ter responsabiliade sobre o lixo que produzimos. O simples hábito de separar o lixo em orgânico e recliclável ajuda e muito.
    Cabe a nós, e as gerações seguintes, cuidar mais do nosso planeta.

  • 29 de outubro de 2010 em 10:42
    Permalink

    Olá!!! Antes de mais nada, todos somos capazes de saber de nossas responsabilidades e consequencias do lixo o qual geramos. Se por um lado deixar de produzir lixo para alguns é impossível, deveriam pelo menos começar a ter pequenas atitudes ecologicamente corretas, como por exemplo, dizer não as sacolas plasticas qdo vai ao mercado ou comprar qualquer produto, alguns são tão pequenos que podem ser colocados em bolsas e bolsos. Qdo vamos ao banco, para que imprimir o extrato se vc pode vê-lo na tela do caixa eletrônico?… e outras coisas mais. Se alguns de nós começarmos a ter pequenas e bobas atitudes como estas, tenho certeza que para um futuro melhor, estas serão consideradas grandiosas.

  • 29 de outubro de 2010 em 10:56
    Permalink

    ACho q é bem isso mesmo, temos q mudar o nosso comportatmento em relação ao nosso consumo, em relação
    ao mundo…….

  • 29 de outubro de 2010 em 11:20
    Permalink

    “Temos que repensar nossos padrões de consumo e reduzir a produção de lixo”.

    Resumiu tudo na frase..

  • 29 de outubro de 2010 em 11:45
    Permalink

    Concordo plenamente com vc Feer, se a raça humana pretende continuar existindo, deve poupar seus recursos naturais, e percebemos que não é com isso que o ser humano se preucupa. As pessoas jogam lixo em qualquer lugar e deixa esse lixo por muito tempo, agredindo assim o solo de onde tiramos os alimentos, o ar que respiramos, a água que bebemos… é preciso fazer algo logo antes que nada possa ser feito…

  • 29 de outubro de 2010 em 13:49
    Permalink

    Fernanda Parabéns, é de Pessoas com Pensamentos assim que o mundo precisa, pois a natureza nos implora que a ajude, porque só o homem pode salvar o Planeta, e é através de pequenos atos como separar o lixo que tudo pode melhorar, pois se todos se concientizar-se do que está ocorrendo, a união fará a força e dará possibilidade de um Planeta mais VIVO e mais Verde!

  • 29 de outubro de 2010 em 21:41
    Permalink

    Olá Fer! A principio de tudo, venho exaltar o belíssimo texto o qual busca refletir e ao mesmo tempo conscientizar as pessoas… Bom! Esta mais que provado que: TUDO AQUILO QUE JOGAMOS NA NATUREZA, DE UMA FORMA OU DE OUTRA ELA NOS DEVOLVE EM DOBRO! Mesmo assim as pessoas insistem com uma IGNORÂNCIA sem limites, agredir e propagar a sujeira com ENTULHOS, DESDE LIXO COMO: GARRAFAS PÉT, SACOLAS PLÁSTICAS A MOVEIS, ELETRODOMÉSTICOS VELHOS,ETC… “Temos que repensar nossos padrões de consumo e reduzir a produção de lixo”. Essa parte do texto nos deixa bem claro assim como tudo que fora postado no texto acima nos mostra um dos caminhos a ser seguido, que INFELIZMENTE a maioria das pessoas ignoram, não respeitam a NATUREZA, e depois vão chorar/lamentar quando grandes fenômenos naturais ocorrem ou seja: Uma possível revolta da natureza.

  • 31 de outubro de 2010 em 12:29
    Permalink

    Vivemos em uma sociedade de pessoas mal acostumadas e acomodadas… precisa-se mudar esses habitos e costumes, mas a educação do que nao se “interessa” para si proprio só se é feita com “obrigação”… tem de partir do governo uma Lei pra isso, com punição se nao cumprida… só quando se sente ao bolso que as pessoas se preocupam… mesmo o fato do nosso planeta estar “gritando” socorro, nao faz o cidadão enchergar…

  • 15 de janeiro de 2018 em 17:00
    Permalink

    AS EMPRESAS QUE RECICLAN LIXO, FATURAM UMA NOTA PRETA.
    MAS A PMC AUMENTOU E MUITO A TAXA DE COLETA DE LIXO EM CURITIBA.
    O FATO E QUE O GOVERNO GOSTA MESMO E DE MORDOMIA.

  • 15 de janeiro de 2018 em 17:24
    Permalink

    HOJE EM DIA, VALE APENA TER UMA EMPRESA DE RECICLAGEM. POIS O FERRO VELHO, PAPEL, VIDROS,
    ETC. ETC. ETC. SÃO VENDIDOS E REINDUSTRIALIZADOS.

  • 29 de agosto de 2018 em 21:51
    Permalink

    Meu. one também é Fernanda

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.