Cabide de garrafa PET

Não é bem de garafa PET, mas o cabide verde da Rethink basta apenas que você  adicione duas garrafas PET’s.

rethink4

Pela imagem e analogia, deve ser uma destas pequenas de 350ml.

rethink1

Segundo o Blog O Velho, “O site vende cada um a 7,99 dólares. Muito caro para um pedaço de plástico, que nem sabemos se é reciclado.”

E eu concordo, diria mais, apenas uma invenção legal… acho que tem outros tipos de materiais que o fariam bem mais ecológicos. E você? O que acha? Compraria?

Dica: @renanvieira

Daiane Santana

Daiane Santana é a idealizadora do #VivoVerde, mora em Palmas/TO há 15 anos e há 11 escreve neste site. Formada em Engenharia Ambiental, pela UFT – Universidade Federal do Tocantins, pós-graduanda em Gestão de Recursos Hídricos e Segurança do Trabalho. Atua como consultora nas áreas de meio ambiente, segurança do trabalho e está a disposição do mercado de trabalho. Contato: contato@vivoverde.com.br | daiane@vivoverde.com.br | Twitter - @DaianeVV | Instagram: @DaianeVV

16 comentários em “Cabide de garrafa PET

  • Pingback:Yury Veiga

  • Pingback:idds

  • 21 de janeiro de 2010 em 15:00
    Permalink

    achei legal……..compraria se fosse para ajudar alguém,alguma causa……….interessante e criativo……….

  • 21 de janeiro de 2010 em 15:04
    Permalink

    Por este preço é melhor procurar uma fabrica que recicle o plastico e faça cabides. :S (deve ser bem mais barato cabides “normais” de plastico reciclado)

  • Pingback:Eng. Daiane Santana

  • Pingback:Voz do Além

  • Pingback:Luiza Chamun

  • Pingback:Eng. Daiane Santana

  • Pingback:Eng. Daiane Santana

  • Pingback:EcoZilla

  • Pingback:Elisa Quartim

  • 21 de janeiro de 2010 em 19:28
    Permalink

    é como sempre tenho notado:

    O mundo sustentavel e ecológico são para os priviligiados em grana.

    ex: Casa ecólogica=limpa mas cara

    A maioria das iniciativas limpas não tem focado um publico alvo de baixa renda.

    8 dolares por algo que se pode montar com qq arame ou madeira que se encontre por ai?

  • 26 de janeiro de 2010 em 1:29
    Permalink

    tal projeto deve ser bancado por alguma mult nacional… 8 dolares por unidade? fala serio… mais gostei da ideia…

    ideias sustentaveis sao sempre bem vindas… porem tem que ser viavel..

    enquanto vivermos as custas e na dependencia do “ouro negro” esse mundo nao vai mudar…

    o lula promove a reduçao de IPI, com a desculpa da populaçao poder comprar carro mais barato… enquanto isso o preço da gasolina sobe…

    reduz aki aumenta ali…

    existe um projeto aki no DF, onde o Eng. mecanico conseguiu produzir um motor (acho que era um gol) que chega ate ah 110 km/h, o mesmo estava aguardando uma licença p/ rodar com o carro em via publica… sabemos o quanto isso sera dificil…

  • 20 de abril de 2010 em 14:13
    Permalink

    É como diz alguns cometários acima, o mundo “ECO” é para privilegiados. Trabalho numa atividade, onde hoje a onda verde é simplesmente base para quase tudo que se faz, mas no fundo, no fundo é muito perceptível que todas as ações são apenas mascaradas de verde, mas tendo a razão principal o aumento do lucro, do resultado. Houveram varias “eras” na economia mundial, e após esgotado o capitalismo baseado num industrialismo selvagem, buscam novas alternativas para se ganhar mais, e a onde verde é uma delas, pois antes de qualquer preocupação com o verde, grandissimas corporações pensam primeiro em ganhar, e em como ganhar mais… usando a ecologia como marketing. Já presenciei muitas vezes que foi abortado a utilização de um processo verde ou produto verde que traria “prejuizos”…essa hipocrisia me decepciona.

  • 21 de julho de 2010 em 12:03
    Permalink

    Interessante … mas me parece pouco prático.

    Encontrei cabides de verdade feitos em garrafas PET recicladas, não como esses.

    E o preço é o padrão para cabides de plástico nada proibitivo.

    O site da indústria é http://www.minaslobo.com.br/produtos.php mas eles não vendem quantidades pequenas já que é a indústria.

  • 18 de setembro de 2012 em 15:13
    Permalink

    O pessoal acima já disse tudo e eu concordo. Em especial a resposta do Rafael foi excelente porque nos alertou que o acessórios pode ser feito com um arame ou outro material, usando a criatividade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.