EDUBIKE chama atenção para educação no trânsito

De bicicleta, os estudantes do Colégio Estadual Criança Esperança percorreram as principais avenidas do entorno da quadra 303 Norte, seguindo até a Praça dos Girassóis. Cerca de 300 pessoas entre alunos, professores e a comunidade escolar participaram na manhã desta sexta-feira, 28, do Projeto EDUBIKE, que teve como objetivo chamar a atenção sobre a importância de um trânsito mais seguro.

 

Além das bicicletas, teve gente que optou pelos patins. A estudante Jessica Santos, do 1° ano, mostrou que os veículos não poluentes são uma ótima alternativa. “O que precisamos é ter mais respeito uns com os outros, desta forma, bicicletas, patins, motos e carros podem se locomover sem o risco de acidentes”, enfatizou a menina de apenas 15 anos.

Todo o percurso foi acompanhado pela Guarda Metropolitana e Polícia Militar, com policias da Bike Patrulha. O sargento Wilker destacou a importância da mobilização por parte da comunidade escolar. “As escolas têm um papel fundamental nesta conscientização, esses meninos e meninos que serão os futuros motoristas e podem fazer um trânsito mais seguro”, explica.

Para a diretora do Colégio, Maria do Carmo Ribeiro, o projeto é sucesso todos os anos e mostra que os estudantes fizeram a lição de casa. “A gente vê o entusiasmo deles, não apenas nas mobilizações, mas durante o desenvolvimento das ações que culminaram com o passeio. Mostra que eles aprenderam a importância de ter um trânsito sem violência”, completa.

EDUBIKE

Voltado para a educação no trânsito, no projeto desenvolvido durante todo semestre, os alunos participaram de diferentes atividades como palestras, concurso de cartazes e paródias e panfletagem no bairro. Com o objetivo de mobilizar os estudantes para a Semana Nacional do Trânsito, a escola também trabalhou com os alunos a importância do respeito às leis do trânsito nos diferentes meios de transporte.

Esta foi a 8ª edição do Projeto EDUBIKE, que teve a bicicleta como veículo central por que até hoje é um dos principais meios de transporte para os estudantes se locomoverem até a escola.

Fonte: SEDUC/SECOM-TO / Texto: Geórgia Milhomem

Daiane Santana

Daiane Santana é a idealizadora do #VivoVerde, mora em Palmas/TO há 15 anos e há 11 escreve neste site. Formada em Engenharia Ambiental, pela UFT – Universidade Federal do Tocantins, pós-graduanda em Gestão de Recursos Hídricos e Segurança do Trabalho. Atua como consultora nas áreas de meio ambiente, segurança do trabalho e está a disposição do mercado de trabalho. Contato: contato@vivoverde.com.br | daiane@vivoverde.com.br | Twitter - @DaianeVV | Instagram: @DaianeVV

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.