Lâmpada Fluorescente, evite a contaminação

Essas lâmpadas são extremamente toxicas, podem contaminar o lençol freático com o mercúrio  e contaminar também os humanos. O mercúrio tem efeito acumulativo e a exposição prolongada causa danos pulmonares, renais e neurológicos causando doenças como o mal de minamata.

No Japão em 1953 na região de Minamata, houve o primeiro caso de lesão comprovado  no sistema nervoso central, em moradores perto desta região. Uma industria plástica utilizava o Mg (Mercúrio) como catalisador na produção de plástico, chegando a contaminar a Bahia de Minamata, e assim a biota existente na região.

A água e os alimentos ingeridos como verduras e peixes foram fontes de contaminação. Mais de 1.300 pessoas morreram intoxicadas com esses sintomas conhecidos como mal de Minamata ou Doença de Minamata. Os médicos ficaram confusos com os sintomas: convulsões severas, surtos de psicose, perda de consciência, febre alta e coma.

Após as pesquisas e de mais vitimas fatais, os médicos constataram que as pessoas sofreram envenenamento por mercúrio em decorrência do consumo de peixes da Bahia. Alem das conseqüências físicas terríveis, a doença é transmitida geneticamente, acarretando o nascimento de crianças com deformações ate 1997, mais de 12.500 haviam sido reconhecidas pelo governo japonês como “vitimas de Minamata”.

PRECAUÇÕES

Quando a lâmpada é quebrada, libera o gás toxico. O interior do tubo das lâmpadas fluorescentes é revestido com uma poeira fosforosa contendo diferentes metais, entre os quais: vapor de mercúrio.

Confira os Procedimentos Recomendados:

Nunca tirar os pinos de contato elétrico das Lâmpadas fluorescentes, pois o vapor de mercúrio pode ser liberado;

Não use equipamento de aspiração para a limpeza;

Caso quebre acidentalmente, abra todas as portas e janelas do ambiente, aumentando a ventilação e ausente-se do local por no mínimo 15 minutos;

Após 15 minutos, colete os cacos de vidro e coloque-os em saco plástico. Evite o contato do material recolhido com a pele;

Com a ajuda de um papel umedecido, colete os pequenos resíduos que ainda restarem;

Coloque todo o material dentro de um segundo saco plástico evitando a continua evaporação do mercúrio liberado;

Logo após o procedimento, lave as mãos com água corrente e sabão.

O que Fazer com as Lâmpadas?

O revendedor e o fabricante tem responsabilidade socioambiental e legal de receber de volta as lâmpadas queimadas e providenciar sua descontaminação. Portanto, quando comprar sua lâmpada nova, faça a devolução da que se encontra queimada nos próprios locais de revenda.

Fernanda Alves

Técnica Ambiental

6 comentários em “Lâmpada Fluorescente, evite a contaminação

  • 16 de novembro de 2010 em 11:12
    Permalink

    Super perigoso e muita gente descarta no lixo comum. Infelizmente as revendedoras não estãu preparadas ou simplesmente não recebem as lâmpadas, é preciso insistir até que elas recolham e tratem o problema com a seriedade que merece.

    ótima matéria, abraços

  • 16 de novembro de 2010 em 11:12
    Permalink

    Super perigoso e muita gente descarta no lixo comum. Infelizmente as revendedoras não estãu preparadas ou simplesmente não recebem as lâmpadas, é preciso insistir até que elas recolham e tratem o problema com a seriedade que merece.

    ótima matéria, abraços

  • Pingback: Tweets that mention vivoverde » Lâmpada Fluorescente, evite a contaminação -- Topsy.com

  • 16 de novembro de 2010 em 16:24
    Permalink

    O problema é encontrar o local de devolução,

  • 17 de novembro de 2010 em 11:33
    Permalink

    Sim Pedro, mais como consta “O revendedor e o fabricante tem responsabilidade socioambiental e legal de receber de volta as lâmpadas queimadas e providenciar sua descontaminação.” Isso faz com que as pessoas tenha, o dever de devolver as lâmpadas onde compraram! É só começar a leva-las aonde vc comprou!

  • 30 de novembro de 2010 em 8:30
    Permalink

    Venho comunicar a todos leitores.Preocupados com o meio ambiente.Que desenvolvi um equipamento,para triturar lampadas florecentes que separa o vidro do gaz que vai dentro das lampadas,naõ tem nem um contato com o solo totalmente ecologico,naõ polui o Meio Ambiente.Este produto serve para lojas do romo eletrico prefeituras.Cada unidade cabe 1300 lampadas.Vomos pensar no futuro de nossos filhos.Para que possa respirar um bom Ar

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.