Pepsi e sua nova embalagem verde

A quem pense que a Pepsi não pense em sustentabilidade, a empresa, a algumas semanas atrás anunciou sua nova garrafa PET 100% reciclável e feita inteiramente de plantas.

Aliás, vale dizer que a garrafa nem se chamaria PET de verdade, ja que não contém os elementos químicos do petróleo que lhe são tão caracteristicos.

Ainda assim, o nome foi mantido porque, ao que tudo indica, a garrafa tem a aparência e a textura de um plástico. O segredo está em um método que produz estruturas moleculares idênticas às de petróleo, porém utilizando ingredientes mais verdes (literalmente).

Grama, casca de pinho e casca de milho estão na receita do lançamento. O legal é que a empresa pretende incluir, no futuro, outros materiais que, normalmente, sobram em sua produção – como casa de laranja, casca de batatas e casca de aveia. Vale lembrar que a PepsiCo é dona de várias marcas, como Quaker, Gatorade…

A garrafa começa a ser produzida em 2012 e a promessa é a de que, após um período de testes, ela entre em escala comercial.

Não só a Pepsi deveria pensar de tal maneira, a Coca-Cola por exemplo deveria segui o mesmo rumo.

Pense nisso!

Um comentário em “Pepsi e sua nova embalagem verde

  • 15 de julho de 2011 em 12:42
    Permalink

    Essa questão da embalagem da Pepsi é super polêmica.

    Escrevi uma postagem em maio questionando sobre esta opção e mais outras duas, as garrafas de PET e vidro. O resultado foram comentários excelentes de técnicos no assunto.
    Resumindo, a proposta da Pepsi é boa, mas ainda é uma ilusão, pois o processo é caro e no Brasil ainda não temos uma planta industrial para tal. Além disso, o tempo de decomposição do material não é muito diferente do PET. Mas o pior de tudo é que, por mais biodegradável que seja, o problema está no destino final do resíduo, ou seja, rios, oceanos e tal. O material se decompõe no lugar errado, como por exemplo num rio, isso aumenta o volume de matéria orgânica por lá.

    No final das contas é uma boa intenção, mas para dar certo é preciso que o processo de coleta e reciclagem exista e seja eficiente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.