É Natural?


Você já pensou em aonde vai morar daqui a 10 anos?

Não é uma pergunta tão fácil, mas de acordo com o Relatório divulgado pela Organização das Nações Unidas  (ONU) aponta 7,5 milhões de brasileiros atingidos por 60 catástrofes naturais na ultima década.

Média de seis por ano. Uma em cada dois meses.

A maioria (37) enchentes. Outras (10) deslizamentos e tempestades.

E a tendência, diz a ONU, é que desastres assim aumentem com o aquecimento do planeta

E é sobre esses dados e outras coisas que vem acontecendo que pergunto. É natural?

A preparação para desastres não é optativa para os governos. É uma obrigação perante os cidadãos.

Mas a população que continua agindo como se tudo isso fosse natural. Não se preocupando, não cobrando de seus governantes soluções para os problemas ambientais. Não é por que nossa região não aconteceu tragédias como a que atingiu a região serrana do Rio em Janeiro que devemos fechar os olhos a tudo que vem acontecendo.

Precisamos  mobilizar a população para coleta seletiva, acabar com lixões a céu aberto e MUITAS OUTRAS COISAS por que a vida e a saúde de todos que querem saber aonde vão morar daqui a alguns anos depende não só do meio ambiente mas de cada um de nós!

Fernanda Alves

Técnica Ambiental

3 comentários em “É Natural?

  • 6 de julho de 2011 em 11:00
    Permalink

    Fer parabéns por mais esse texto!
    Bem interessante e importante as informaçoes que vc traz,por que isso faz com que nos paremos pra refletir sobre tudo o que esta acontecendo e o que pode vir acontecer se não cuidarmos de nosso planeta!

  • 12 de julho de 2011 em 7:57
    Permalink

    Parabéns Fer,
    Como sempre mandando muito bem.
    Bjus.

  • 19 de julho de 2011 em 21:16
    Permalink

    Uma preocupação de grande importância. A cobrança deve memso existir em relação aos nossos representantes políticos e a nossa conscientização(com atitude) ser bastante trabalhada também.

    Parabéns Fernanda.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.