Semad-GO e Polícia Ambiental flagram desmatamento irregular em Itapirapuã

Foto: Divulgação

Equipes da Secretaria de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável (Semad Goiás) e do Batalhão Ambiental da Polícia Militar de Goiás flagraram nessa semana um desmatamento irregular, sem licença ambiental, de onze hectares de área de preservação permanente e, também, de vegetação fora da área de preservação permanente em uma fazenda no município de Itapirapuã. De acordo com os agentes da Semad, a vegetação nativa do Cerrado foi destruída para criação de gado.

O produtor rural  e dono da propriedade foi levado para a delegacia da Cidade de Goiás e responderá por crime ambiental. Ele foi multado em R$ 15 mil e área desmatada foi embargada.  

Foto: Divulgação

Desde o início do mês, a Semad, em parceria com a Polícia Militar Ambiental, está realizando a Operação Temporada Araguaia 2019. Agentes estão trabalhando em conjunto na fiscalização ao desmatamento ambiental e tráfico de animais, coibindo a pesca predatória e caça irregular.

O  operação também está realizando abordagens  para coibir a pesca e transporte ilegal de pescado.  Nesta semana, foram realizadas abordagens em embarcações nos Portos de Aruanã, Nova Crixás, Britânia e distrito de Itacaiú.

Denúncia – Para denunciar crimes ambientais,  basta ligar para o número 190 da Polícia Militar. A denúncia será encaminhada para o Policiamento Ambiental e agentes da Semad que vão averiguar a possível irregularidade.  

Fonte: Comunicação Setorial – Semad/GO

Daiane Santana

Daiane Santana é a idealizadora do #VivoVerde, mora em Palmas/TO há 15 anos e há 11 escreve neste site. Formada em Engenharia Ambiental, pela UFT – Universidade Federal do Tocantins, pós-graduanda em Gestão de Recursos Hídricos e Segurança do Trabalho. Atua como consultora nas áreas de meio ambiente, segurança do trabalho e está a disposição do mercado de trabalho. Contato: contato@vivoverde.com.br | daiane@vivoverde.com.br | Twitter - @DaianeVV | Instagram: @DaianeVV

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.