Uma vila sustentável no centro do Londres

Para realizar o sonho de transformar a capital da Inglaterra em uma Cidade Sustentável, além de planos de incentivo para adequação ecológica de residências, reutilização de água, reciclagem de esgoto e a adequação dos pontos turísticos de Londres, um arquiteto, uma empresa e a prefeitura da cidade se uniram para criar uma vila totalmente ecosuficiente.

Com um investimento de € 17 milhões, o arquiteto Bill Dunster e a BioRegional, empresa especializada em construção civil com redução de impacto ao meio ambiente transformaram uma pequena região do bairro de Sutton, dando vida à vila BedZED, que funciona integralmente com energia elétrica captada por painéis fotovoltaicos, com o uso racional de recursos naturais e com carros que não emitem poluentes prejudiciais a atmosfera.

Assim como Vancouver, Reykjavik e Curitiba, Londres faz de BedZED uma das primeiras vilas ecológicas do mundo.

 

O ecobairro londrinoUma vila sustentável no centro do Londres

Subsidiando ¼ das construções da vila, o governo britânico forneceu descontos para que social workers – profissionais que ajudam a comunidade, pudessem financiar os 100 apartamentos construídos com sistema que reduz em 99% a demanda de energia elétrica.

Cerca de 60% dos materiais sólidos gerados na vila são reciclados e os moradores realizam coleta seletiva através de mutirões organizados internamente. Além disso, o sistema de tecnologia double glass (duplo vidro) implantado nos apartamentos proporciona 81% de redução de consumo de energia para aquecimento.

Para incentivar os moradores a não manterem um carro próprio, o Clube do Carro foi criado na vila e ajuda aqueles que precisam percorrer grandes distâncias, pois faz a locação de carros por curtos ou longos períodos. Além disso, os automóveis são elétricos, suas baterias são carregada com a energia produzida pelos painéis solares dos apartamentos e o incentivo do uso da bicicleta como transporte oficial é massivo.

A captação da água da chuva para as descargas dos apartamentos e irrigação dos jardins completa o cíclo perfeito de sustentabilidade.

Projetos como esse são cada vez mais comuns e permeiam os caminhos das Cidades Sustentáveis por todo o mundo. E isso é uma ótima notícia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.