Google solar

googlesolar

Após ingressar em 2007 no ramo da energia solar, o Google investe milhões na BrightSolar e na eSolar . Mais precisamente são gastos 2,5 a 4 dólares por watt em custos de capital, o que representaria 250 watts a 600 milhões e um bilhão de dólares, bagatela que na opinião de Bill Weihl, líder dos projetos de energia ecológica do Google representa muito dinheiro.

“Estamos estudando materiais muito incomuns para espelhos, tanto para a superfície reflexiva quanto para o substrato sobre o qual o espelho é montado”

Bill Weihl

googlesolar

Google Green? Não sei se seria o termo correto, mas o Google agora quer minimizar em pelo menos 50% seus gastos com a energia renovável. A empresa tem milhões investidos em energia solar, principalmente nas duas empresas citadas acima.

Para unir o o barato ao sustentável o próprio Bill anunciou esta semana no Reuters Global Climate and Alternative Energy Summit, que estão estudando materiais incomuns para fabricação de espelhos, tanto para a face reflexiva quanto para o substrato em que o espelho é apoiado, além de novos heliostatos para as fazendas solares. As tecnologias viáveis pretendem ser aplicadas dentro de dois meses, mas também lê-se que há não preocupação com datas para que a ciência possa fluir.

“Ainda não chegamos lá, mas tenho esperança de desenvolver espelhos mais baratos do que os usados pelas companhias que operam nesse mercado.”

Bill Weihl

O interesse do Google em investir em fontes renováveis não é novidade mas o que me chamou a atenção foi a necessidade de pesquisas no ramo para que a energia renovável possa se tornar viável, sem abandonar o caminho percorrido até então.

A nova ordem sustentável não é um estado permanente e estará constantemente precisando de reparos, investimentos e de um olhar empreendedor, assim como qualquer mudança na economia. Por Radar Verde

Saiba mais AQUI.

Daiane Santana

Daiane Santana é a idealizadora do #VivoVerde, mora em Palmas/TO há 15 anos e há 11 escreve neste site. Formada em Engenharia Ambiental, pela UFT – Universidade Federal do Tocantins, pós-graduanda em Gestão de Recursos Hídricos e Segurança do Trabalho. Atua como consultora nas áreas de meio ambiente, segurança do trabalho e está a disposição do mercado de trabalho. Contato: contato@vivoverde.com.br | daiane@vivoverde.com.br | Twitter - @DaianeVV | Instagram: @DaianeVV

4 comentários em “Google solar

  • 14 de setembro de 2009 em 18:48
    Permalink

    Day, eu acho isso muuito surreal e distante, sério !

    O melhor que o Google poderia fazer é deixar o Google.com com o fundo preto, só isso já ajudaria bastante !!

  • 14 de setembro de 2009 em 18:55
    Permalink

    Pois é.. Penso que o pessoal do Google tem algo ainda a mais escondido com esse interresse na energia solar.. Mas acredito também que uma vez a humanidade sendo beneficiada com isso, não podemos deixar de dar os parabéns ao Google!!

    Mas claro que um sistema como o Google, que se torna cada vez mais auto suficiente, aliado a um sistema de energia sustentavel e renovavel me dá um pouco de medo (acho que assisto Exterminador do Futuro e Matrix demais.. Hehe)

  • Pingback:Luiz Souza » Blog Archive » Google solar e a teoria do Exterminador do Futuro

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.