Movimento Plástico Transforma apoia iniciativa que coleta tampas plásticas para reciclagem

Iniciativa fomenta a imagem do plástico perante a sociedade, apresentando projetos de inovação e educação, liderada pela parceria entre a Associação Brasileira da Indústria do Plástico (ABIPLAST) e a Braskem.

O maior programa socioambiental de caráter educativo em economia circular da indústria de transformação do plástico na América Latina, o Tampinha Legal, fomenta há mais de quatro anos a coleta de tampas plásticas em prol de entidades assistenciais do terceiro setor. O programa conta com o patrocínio do Movimento Plástico Transforma, que mostra o potencial de transformação do plástico e é liderado pela parceria entre a Associação Brasileira da Indústria do Plástico (ABIPLAST) e a Braskem.

Para Fernanda Maluf, uma das coordenadoras do Movimento Plástico Transforma, “a parceria reforça a importância da reciclagem e estimula o engajamento da população com a causa, de maneira educativa”.

Segundo a coordenadora do Instituto SustenPlást, Simara Souza, o Movimento Plástico Transforma mostra que o plástico é aliado em frentes como a inovação e a responsabilidade socioambiental, promovendo os conceitos da economia circular, assim como o Tampinha Legal. “O Tampinha Legal proporciona ações modificadoras de comportamento de massa, ou seja, a sociedade civil é inserida na economia circular na prática. É importante nos cercarmos de iniciativas que proporcionem que o plástico pós-consumo seja valorizado por todos. Esta matéria-prima nobre deve retornar para a indústria para a produção de novos artefatos e também novas possibilidades”, explica.

Com os recursos obtidos por meio do Tampinha Legal, as entidades assistenciais participantes podem adquirir medicamentos, alimentos, equipamentos, ração animal e/ou materiais escolares, e também custear tratamentos e exames de saúde humana e animal, melhorias em suas sedes, entre outras ações, impactando positivamente em muitas vidas.

O Tampinha Legal é iniciativa do Instituto SustenPlást e, por meio de ações modificadoras de comportamento de massa, conscientiza quanto ao destino adequado dos resíduos plásticos e faz com que a economia circular ocorra na prática.
Todos os segmentos da sociedade são convidados a juntar tampinhas e destiná-las para entidades assistenciais cadastradas junto ao programa que busca a melhor valorização de mercado para o material.

Os valores obtidos são destinados integralmente para as instituições sem rateios ou repasses, e sem que o programa receba comissões e/ou gratificações sobre o material coletado. Só em 2020, a arrecadação ultrapassou 1 milhão de reais, que foi totalmente destinada aos participantes.

Recentemente, o Instituto lançou também o Copinho Legal, que conta com o apoio da ABIPLAST e adesão de empresas membros da Câmara Setorial dos Fabricantes de Descartáveis Plásticos da associação, e segue o modelo do Tampinha Legal, destinando os recursos obtidos com a venda dos descartáveis plásticos (copos, pratos e talheres) para as entidades assistenciais.

O Tampinha Legal atua no Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Minas Gerais, São Paulo, Alagoas, Pernambuco, Goiás e no Distrito Federal. Além do site tampinhalegal.com.br, também é possível acompanhar a transparência do trabalho do programa por redes sociais, como YouTube, Instagram e Facebook, e pelo aplicativo Tampinha Legal, em que é possível localizar os pontos de coleta mais próximos, entidades assistenciais e empresas participantes. Em Porto Alegre, o Tampinha Legal conta com o apoio estratégico da Fundação Gaúcha dos Bancos Sociais da FIERGS.

Daiane Santana

Daiane Santana é a idealizadora do Portal VivoVerde, nascida e residente de Minaçu/GO e há 12 anos escreve neste site. Formada em Engenharia Ambiental, pela UFT – Universidade Federal do Tocantins, pós-graduada em Gestão de Recursos Hídricos e Segurança do Trabalho. Atua como consultor, ministra treinamentos nas áreas de meio ambiente, segurança do trabalho e está a disposição do mercado de trabalho. Contato: contato@vivoverde.com.br | daiane@vivoverde.com.br | Twitter - @VivoVerde | Instagram: @DaianeVV | 063999990294

Um comentário em “Movimento Plástico Transforma apoia iniciativa que coleta tampas plásticas para reciclagem

  • 28 de maio de 2021 em 10:00
    Permalink

    É possível sim, viver sem plástico, como antigamente se vivia. Por mais incentivo se deva dar à reciclagem dele, muito melhor erradicá-lo na fonte, proibindo sua fabricação na condição de inimigo do Meio Ambiente, matador da fauna e flora, anti herói e vilão do Planeta. Recicla-se o plástico no percentual mínimo de enxugar gelo, enquanto as fábricas insaciáveis continuam multiplicando a desgraça para o consumo e descarte, fabricando vorazmente o que não vão reciclar na mesma proporção. Enquanto “inofensivas” cascas de frutas levam apenas três meses para se decompor na natureza, garrafas de plástico levam quinhentos anos (!) e as fraldas descartáveis “insubstituíveis” pelas de pano (nem pensar!) levarão seiscentos anos para desaparecer, após sua trajetória de destruição e morte. No entanto, quem quer saber para tentar mudar isso, começando agora? Quem quer?

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.