Os problemas com a dengue nunca vão acabar

É bem por aí mesmo, posso ter dito a maior asneira do mundo no título, mas hoje esta matéria é daquelas de abrir o peito, escancarar a boca e gritar um monte de indignações do quanto já estou cheia de TODOS os anos os meios de comunicação baterem a mesma tecla. Mas começo a acreditar que isto nunca vai ter um fim…

No ano passado (por incrível que pareça a exatamente 1 ano atrás) eu publiquei aqui no blog a mesma história, a problemática com a dengue e ainda fiz mais, relacionei com o mau hábito das pessoas de jogarem lixo nas ruas em locais indevidos.

É aquela coisa, campanhas ensinando como combater a dengue todo mundo já viu, pelo menos quem mora em cidades, é inevitável que não tenha uma campanha da prefeitura que relembre o cuidado com o mosquito, lotes baldios e jarros de plantas, escolas apresentam teatros e incenações para chamar a atenção de crianças, jovens e adultos, ou seja: A informação é repassada.

A questão de jogar o lixo em locais indevidos também é apresentada a todos, há lugares que tem até placa de “não jogue lixo”, mas quando você olha, lá está ele, o lixo, os entulhos e afins… COMPLICADO, NÃO?

Mas e aí? Agora vamos ter que ficar cuidando de pessaos que deveriam ter educação ambiental (aquelas de berço também), vou jogar tudo para cima e falar CANSEI? Infelizmente eu não posso, afinal de contas é o meu trabalho relembrar sempre sobre este assunto. Além do mais, tentar também chamar a população para contribuir com uma cidade limpa e também longe de doenças endêmicas…

O trabalho sempre será feito, o que me deixa “encabulada” é que nem com a possiblidade de se ficar doente, as pessoas não tem mais medo…

Aqui em Palmas/TO eu “monitoro” um “lixão urbano” que tem, grande potencial de criadouros de mosquitos da dengue, explico mais na seguinte matéria: Até quando vai ficar assim? Participe você também desta ação!

Caso queira saber um pouco mais sobre os sintomas, o vídeo abaixo ajuda muito:

Vídeo: https://www.youtube.com/watch?v=27OtKGDJjGQ

Mas sabe o que eu acho mesmo? Que já está na hora de começar a doer é no bolso do povo que comete tal ato, já que nem com doença tá dando… 😡

 

Daiane Santana

Daiane Santana é a idealizadora do #VivoVerde, mora em Palmas/TO há 15 anos e há 11 escreve neste site. Formada em Engenharia Ambiental, pela UFT – Universidade Federal do Tocantins, pós-graduanda em Gestão de Recursos Hídricos e Segurança do Trabalho. Atua como consultora nas áreas de meio ambiente, segurança do trabalho e está a disposição do mercado de trabalho. Contato: contato@vivoverde.com.br | daiane@vivoverde.com.br | Twitter - @DaianeVV | Instagram: @DaianeVV

2 comentários em “Os problemas com a dengue nunca vão acabar

  • 25 de janeiro de 2013 em 13:59
    Permalink

    Oi Daiane!

    É realmente lastimável a “cegueira” popular.
    Infelizmente o povo (a maioria) parece ter olhos e ouvidos apenas para Tche-tche-rerês, Parapapás e BBBs.
    Não que eu tenha nada contra, o problema é a mente estar 100% dominada deixando coisas importantes em segundo ou terceiro plano.
    É sempre bom lembrar sobre a Dengue Daiane.

    Grande abraço!

  • 28 de janeiro de 2013 em 8:31
    Permalink

    E eu que tive dengue três vezes? ( A ultima vez foi hemorrágica…) Essa questão de conscientização não é uma tarefa fácil, olhe meu exemplo, sempre cuidei para que lá em casa não houvesse criatórios, mas se seu vizinho também não fizer sua parte de nada adianta, o mosquito vem e pica você que estava cuidando para que não houvesse criatórios. Difícil mesmo…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.